/vt/ - YouTubers Virtuais

Para os fanáticos de streamers 2d


Nova Resposta
Nome
X
Email
Mensagem
Ficheiros Máx 4 ficheiros100MB total
Palavra-passe
[Responder]


genshin-impact-kaedehara-kazuha-moonlit-breeze-character-tea_vsmn.1280.webp
[Esconder] (59.6KB, 1280x720) ImgOps
Estou a pensar em começar uma carreira como Vtuber, só para a brincadeira.
Já andei a pesquisar que programas vou necessitar, não sabia que existia tanta oferta.
Claro que não vou fazer nada ao nível da Codemiko, vou tentar o mais simples possível no inicio, tipo Morais.

O único problema é que o meu pc é super antigo.
Podem me recomendar algum pc em especifico que permita jogar e fazer stream, por favor?

Isto ia ser mais na base da diversão mas acham que o publico português tem interesse em Vtubers? (Só conheço o Morais em PTPT)
Respostas: >>8 >>10
>>6 (OP) 
>>>/t/
3d9ir140iqe31.png
[Esconder] (84.9KB, 500x397) ImgOps
tldr: lista do que queres jogar, assim por alto se não tiveres uma ideia concreta e quiseres ir ao sabor da maré e quantos dinheiros tens para gastar. E sim, primeiro é assunto de >>>/t/ e só depois precisas de ajuda para criar um vTuber.

Jogar o quê? Se for Stardew Valley é uma coisa. Se for CP77 é outra. Bem como o custo. Qual é o público-alvo que queres? Estás a pensar "ir ao calhas" e ver o que acontece? A quem é que procuras apelar? Como falas em vTubers vou assumir que os jogos não são o mais importante, para te dares ao trabalho de criar uma personagem, queres que a pessoa preste mais atenção a ti do que ao jogo e isso é o mais complicado porque obriga que já sejas um bom entertainer antes. 

Porque vais estar a desviar a atenção do que estás a jogar, para cima de ti. Há mercado, sem dúvida. Mas falando apenas por mim, quando assisto a alguma coisa da Codemiko, por exemplo, o que quer que ela esteja a jogar é o que menos me importa, normalmente está apenas em plano de fundo e eu a ouvir, nem presto atenção ao ecrã ou estou noutro jogo qualquer e ela existe assente num podcast. Se estiver a ver um gameplay, já não ligo a quem está no PiP, tanto pode ser o Ric como o Yamiks que nem PiP usa.

Assumindo um uso generalizado, primeiro tem mais ou menos uma ideia do que queres jogar, aquilo que vais gostar de jogar. Porque isso é importante, se vais às modas, vais apanhar jogos que não te interessem e isso nota-se, quando um youtuber força algo porque é o que está a render nos algoritmos. E não é interessante nem para ele nem para quem está a ver a não ser que já sejas um bom entertainer para que possas ser usado como pano de fundo se for esse o caso.

Arranja uma listinha de coisas que podias gostar de jogar ao vivo, vê os specs recomendados e aponta a fasquia um bocado mais para a frente porque vais ter que gravar pelo menos a 30frames estáveis, dentro daquilo que pretendes ou tens para gastar. Isto é a segunda pergunta importante, o teu valor para investir num PC.

O básico dá para adiantar já, mínimo 8, recomendado 16 gigas de RAM, SSD com pelo menos 512gigas de espaço. A AMD para CPUs é a melhor escolha atualmente. GPU a oferta depende do que queres jogar. Há APUs (com gráficas integradas) que já dão para fazer algumas coisas porreiras mas depende completamente do que quiseres lá meter a correr. Minecraft com mods? Viável. Um FarCry dilícia max/60fps? Nope.

Precisamos de mais dados, se te queres meter nisso a sério, "fazer carreira" e "na base da diversão" não podem existir na mesma frase, se vais investir dinheiro nisto, tens que pensar com cabeça. Senão envia-me o dinheiro a mim que tenho um carro para pagar, danone. Ainda mais nesta altura de merda para comprar uma máquina decente, anda tudo "ó tio, ó tio" por causa de chips, até a Auto Europa vai mandar pessoas para casa porque não tem chips para fazer carros.
>>6 (OP) 
se és gajo esquece

3 respostas | 2 ficheiros
A conectar...
Ações

Ações:

Captcha:

Instruções
NotíciasRegrasFAQLegal/DMCADoar

Todas as marcas registadas, direitos de autor, comentários e ficheiros neste site são propriedade e responsabilidade dos seus respectivos autores e proprietários. Só um louco levaria o que aqui é escrito a sério.