/t/ - Tecnologia

Se pedires com carinho, possívelmente arranjamos o teu PC.


New Reply
Name
X
Email
Message
Files Max 4 files100MB total
Password
[New Reply]


Está na hora de escapar das prisões das redes sociais tradicionais - https://prisonbreak.foxtv.pt/


053e5b67e3af23ef5765620bb3f275f1aa6716044ae4b4de3f9c4bb5e8234bec.png (u)
[Hide] (75KB, 1200x1200)
Vários anos depois decidi voltar. Estou neste momento a instalar esta bodega.
Quais as primeiras coisas a fazer após terminar a instalação? 
Partilhem a vossa sabedoria ubuntumanos.
>>5869 (OP) 
>Quais as primeiras coisas a fazer após terminar a instalação? 
Desinstalar e instalar antes uma distro a sério.
Replies: >>5873
>>5869 (OP) 
>Quais as primeiras coisas a fazer após terminar a instalação? 
Dizer a todas fêmeas locais que usas linux e não adquirir
Replies: >>5873
desinstala ubuntu
instala arch
<ou manjaro ou endeavouros se fores burro
Replies: >>5873
>>5870
>Desinstalar e instalar antes uma distro a sério.
A maquina onde estou a instalar tinha fedora, que é a distro que tenho utilizado nos últimos 5 anos. O objetivo é adicionar diversidade e ter uma que apenas funciona™.

>>5871
 >Dizer a todas fêmeas locais que usas linux e não adquirir
Eu uso linux há anos danone e nunca me impediu de ter sucesso relativo. Talvez o problema sejas tu. 

>>5872
>instala arch
Já usei arch, o pacman era porreiro. Até sou um gajo de rolling release e nunca tive más experiências com sistemas partidos mas o conceito de utilizar software que vem nos user repositories é algo que me deixa EXTREMAMENTE desconfortável.
Replies: >>5885
d5bf87452c29b180442429b2736e5928fc27d904a01fd026b9f7c15c67ad27f3.jpg (u)
[Hide] (105.9KB, 1520x1080)
Isto tem uma versão de instalação Minimal, obrigado ubuntu. 
Por outro lado, já estou a ver demasiado roxo e laranja.
>>5869 (OP) 
Acho que o objectivo do ubuntu (e outros parecidos) é não teres que fazer nada depois de instalares. Agora é só usar o computador.
Replies: >>5876
5f64b5b8afc55369b69fea9874ec50e68356978bd93501e3b2858296af096edb.jpg (u)
[Hide] (114.2KB, 660x495)
>>5875
Desliguei as extensões do gnome que eles instalaram para ali. Aquela doca deles é muita parva e feia, coitadinhos.
Uma coisa que faria era mudar este laranja para uma coisa mais bonita mas estou com preguiça de instalar temas e retirar da loja os repositórios do snap que estão cheios de cancro.

Até agora a experiência está muito agradável. Apenas funcionou™ e com a instalação mínima não vinha cheio de merdas (não vinha com quase nada, na verdade).
Talvez seja está a pílula vermelha final.
>>5869 (OP) 
das primeiras coisas que eu faço é instalar e ativar o ufw
Replies: >>5881
Imagina usar Ubuntu não ironicamente. Para isso usava logo Windows.
Replies: >>5881 >>5882 >>5885
Nunca vou voltar a essa bosta. Só de lembrar como era a transferência de arquivos para USB stick...
Replies: >>5881 >>5900
dee2b75585c9b728b752ae722d5ba123bc75c45497da2c3bcee39e3d879e7caf.gif (u)
[Hide] (1.5MB, 700x500)
>>5878
Obrigado danone, isto foi bastante interessante.

>>5879
O que usas tu admin? 
Continua a apenas funcionar deste lado.

>>5880
Como era? Parece normal deste lado mas também é que usa USB? Apenas usa a nuvem, danone.
Replies: >>5932
>>5879
E ironicamente?
Replies: >>5893 >>5934
Para isso usa Windows com subsistema WSL
Replies: >>5884
d6f2e49aaf20f164d4f1f5c39f6d8d24462f4fe96d729847baab8821b2fff32e.jpg (u)
[Hide] (49.7KB, 573x589)
>>5883
Porque haveria? Não há nenhuma vantagem em usar Windows. Nunca esteve em cima da mesa e não faço ideia porque estão a traze-lo à baila agora.
sudo apt install...

build-essential
clang
git
tilix
inkscape
krita
nmap
radare2
netcat
firefox
transmission
gparted
htop
wireshark
octave

>>5873
>o conceito de utilizar software que vem nos user repositories é algo que me deixa EXTREMAMENTE desconfortável
Qual é a tua preocupação? Estabilidade ou segurança?

>>5879
Ubuntu é grande distro se usares Linux profissionalmente como desktop, já vi muita gente a armar-se com as suas distro 1337 e depois chegava em momentos chave tipo apresentações e deixava tudo de funcionar, enquanto que em ubuntu as coisas simplesmente funcionam, é estável e tem uma enorme comunidade o que significa que provavelmente vais encontrar soluções rápidas para os problemas que te aparecerem.
Já experimentei 1001 distros mas chega a um ponto em que eu não me estou para chatear a recompilar o kernel para poder ver um filme porque os codecs não têm a licença XPTO.
Replies: >>5886 >>5935
>>5885
Segurança. Estabilidade não me costuma afectar muito, é comum correr pré-releases de fedora na minha outra máquina só porque sim.
>>5882
Tua dama a saborear este pau quente
Replies: >>5934
>>5880

Agora que falas nisso...

Tenho Linux (Elementary) num segundo portátil. Instalei para aprender a lidar e devo dizer que até gosto aprecio o uso do terminal, ao invés de dois cliques para instalar as coisas e afins. Já vou sabendo os comandos e parece que até gosto mais de usar os mesmos do que a vida «tradicional» do Windows. 

Há umas semanas tive um problema com uma pen USB que já vi ser recorrente com esta distro (ou Linux?). Transfiro o que pretendo, em ambiente Linux, para a pen. Retiro a pen e ao colocar num computador com Windows, vou a ver, e a pen não tem nada. Ou não passa nada, ou diz que está corrompida. Em cada 3/4 tentativas, só uma é que passa realmente o que pretendo e os conteúdos são reconhecidos em Windows.

É da distro ou é do Linux? Ainda nem averiguei se há reports disso.

Estava no estrangeiro com esse portátil, precisei de imprimir umas coisas, e tornou-se um pouco «irritante» descobrir isso.
Replies: >>5901
>>5900
Ejectas a pen antes de a tirar?
Replies: >>5902
>>5901

Por acaso não. Nem no Windows.

Depois de fazer esse post fui averiguar e aconselham a usar pens formatadas em FAT32 para uma melhor interacção Linux / WIndows. Será disso? Ou de não ejectar a pen? Linux é assim tão sensível?
Replies: >>5903
eject-usb-1.png (u)
[Hide] (18.4KB, 750x478)
>>5902
O linux e o windows.. No win até tens a opção de desligar o write caching para que possas tirar a pen sem fazer eject.
Suponho que outros SO's também usem o mesmo mecanismo, o de na verdade escrever na ram primeiro antes de na pen. Isto dá jeito tipo quando gravas algo do word directamente numa pen. Com a cache desligada, a app fica congelada enquanto grava isso na pen. Com a cache ligada, ele grava primeiro na ram para que a app nunca congele e possas continuar a trabalhar. Ele mais tarde passa as coisas para a pen.
A única maneira de teres a certeza que já as passou é fazeres eject ou no caso do linux, também podes fazer sync manualmente no terminal
Replies: >>5904
>>5903

Sinceramente, acho que grande parte das pessoas nem liga a isso. Limita-se a tirar... Discos externos ainda faço eject, agora pens... Mas vou ver isso.
Replies: >>5905
>>5904
>as pessoas não ligam a isso logo o meu problema não é esse

>Discos externos ainda faço eject, agora pens
Já viste a estupidez disto? qual é a diferença? são ambos dispositivos de armazenamento..
Replies: >>5906
>>5905

Uma pen é uma merda barata. Um disco externo não. Não guardamos o mesmo tipo de coisas em pens e discos.
https://www.maketecheasier.com/ultimate-guide-apt-and-apt-get-commands/

Um.bom guia para quem usa distros badeadas em Debian e quer aprender mais um pouco.

Bons sites com informações / notícias relativas a Linux?
Estava a pensar em passar de Debian para Fedora. Mas ter de reaprender tudo do zero... Há algum site com as diferenças de comandos de distro para distro?
Replies: >>5928
2bbcd90a4d97c98fa6414d44341c6fbe1764ce4f6561b1a16146dfe75c64b555.png (u)
[Hide] (252.3KB, 640x488)
>>5927
Acho que a única coisa que muda assim relevante é o package manager que em vez de apt passa a dnf (que bastante mais lento, especialmente se tiveres disco) e a possibilidade de usares RPMs. Eu tenho fedora numa máquina e ubuntu noutra e até agora, para além disso, só reparei que rename é diferente e o snap ocupa mais ou menos o espaço do flatpak.
Replies: >>5929
>>5928

Da tua experiencia nao vale apena trocar? Gostava de experimentar outro 'branch' linux. Debian, embora nao seja expert, ja estou a vontade e faco quase tudo via terminal.

(Teclado sem acentos.)
Replies: >>5930
4503d4de82ec3c1fc442b0fc06574ff24e8874f02f2e840bda18bbe061f0ce1f.jpg (u)
[Hide] (93.7KB, 730x545)
>>5929
Na minha experiência vale bastante a pena (eu uso fedora há vários anos, só decidi meter ubuntu numa máquina para ver o que se passava e acrescentar diversidade) mas já me disseram que, na máquina deles, a performance em fedora era bastante pior portanto é algo a que deves ficar atento. Outra coisa que tambem deves considerar é que se estás a correr debian és um cidadão de primeira classe (tudo é feito para debian ou distribuições baseadas em debian) e isso pode não acontecer aqui. Sobrevives na boa a isso, mas... 
Por fim, acho que os repositórios e o objectivo da distro é ser livre então poderás ter que adicionar repositórios etc. para instalar coisas básicas como codecs antes de fazer qualquer coisa. Aqui a dica é procurar 10 coisas para fazer depois de instalar fedora e usar senso comum para ver o que faz sentido e o que te faz falta.
De qualquer das formas a motivação para mudar/usar passa por:
1) updates, o software chega ao fedora muito rapidamente e estamos a falar de uma distribuição que não é bleeding edge nem rolling release portanto ainda é mais impressionante
2) adoção de novas tecnologias, são sempre os primeiros a adotar tretas novas e dar o empurrão que falta (como é o caso do pipewire e foi, um pouco, o do wayland)
3) é a distribuição de excelência do gnome, vanilla e sempre actualizado apenas funciona como desenhado™
4) não é muito bloated
5) tem um sabor empresarial, o que pode ser uma experiência complementar fixe
Replies: >>5931
>>5930
>>5881
Uso Arch.
Caro >>5882
o >>5893 disse o que iria dizer.
>>5885
Muito texto, não li.
[New Reply]
33 replies | 8 files
Connecting...
Show Post Actions

Actions:

Captcha:

Instructions
NotíciasRegrasFAQLegal/DMCASourceDoar

Todas as marcas registadas, direitos de autor, comentários e ficheiros neste site são propriedade e responsabilidade dos seus respectivos autores e proprietários. Só um louco levaria o que aqui é escrito a sério.