/n/ - Notícias

Notícias & Atualidades


New Reply
Name
X
Email
Message
Files Max 4 files100MB total
Password
[New Reply]


Inclui sempre uma fonte quando começares um fio, mantém-te dentro do tópico do fio.


3b986acb37661dfe65d1fbcc5e419a352aa79c01f5f2f13f50a57fad9ce9a7c9.jpg (u)
[Hide] (44.7KB, 800x450)
https://outline.com/yqfzVu

>Secretária de Estado apela às universidades para ações concretas pela igualdade

>Pagar a mentores de jovens mulheres estudantes, fixar uma quota de bolsas também para as mulheres e criar códigos de conduta internos contra a discriminação são três sugestões de Rosa Monteiro.

>Tudo porque há dois concursos abertos, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, que podem ser aproveitados para promover a inclusão.

>A secretária de Estado da Igualdade declara ao jornal Público que há ainda setores muito masculinizados. É o caso de áreas como as tecnologias de informação e comunicação que em 20 anos viram reduzir o número de mulheres diplomadas. Rosa Monteiro defende que é preciso atrair mais mulheres para estas áreas e ao mesmo tempo, evitar a sua fuga.

>Nos próximos cinco anos, os apoios podem ir dos dois aos 40 milhões de euros, em dois concursos do PRR.

Sim, o dinheiro da bazuca não servir para ajudar os mais pobres.
Sim, o dinheiro da bazuca vai ser usado para ajudar as preciosas minorias a entrarem em engenharia, apesar de já serem +50% dos estudantes.
Não, não vão existir quotas para homens em cursos de saúde.
E sim, as mulheres realmente são tão burras que temos de lhes pagar mentores.
Replies: >>46 >>47
ac45cfc733a39f360eb0b44783cf4b46e0e7771cd991abc924add321b747f86a.png (u)
[Hide] (444.5KB, 800x450)
>mulheres são a maioria dos estudantes universitários
>novas medidas são para promover a entrada de mulheres na universidade
>Rosa Monteiro explica ao jornal Público que a participação nos programas não é obrigatória.
>Rosa Monteiro sublinha que estas são apenas recomendações. Nada é obrigatório.
Replies: >>45
Mal posso esperar por circular pelas pontes construídas por estas novas engenheiras
>>44
Esqueceste-te disto
>Pedro Dominguinhos, presidente do conselho coordenador dos Institutos Politécnicos, considera que a carta da secretária de estado da igualdade é positiva e sublinha que esta serve de guião para a candidatura que vão apresentar.
Os reitores vão todos seguir estas recomendações, como boas marionetes que são
Replies: >>54
ac50a291e0a4402b7e8fef99b9c8665be37724f068d356a5dc944f1a355cf48a.jpg (u)
[Hide] (338.7KB, 1915x2189)
>>42 (OP) 
>Homem: Drone sem valor inerente a não ser que seja topo do topo geneticamente para ser desejado pela sua semente. Naturalmente se foca em ser excepcional no seu trabalho para se elevar e ser melhor tratado/adquirir direitos reprodutivos
>Mulher: Ser precioso com tempo reprodutivo mais limitado que só pode fecundar pouco mais de uma vez por ano. Foca-se em ser o mais desejosa possível dentro das suas circunstâncias para receber a semente de maior qualidade possível. Visto que homens pouco ligam à carreira de uma mulher, no máximo aos seus interesses, têm pouca motivação para serem verdadeiramente excelentes em áreas complexas e a tomarem posturas de risco como ideias inovativas que podem não ser bem aceites ou opiniões indesejadas que lhes ficam mal vistas tendo tendência a repetir o que já é popular e bem aceite mesmo quando pouco sabem do assunto. Muitas das melhores mulheres que já viveram eram extraordináriamente feias, não acho que seja coincidência
Não é a atirar-lhes facilitações que se vai criar interesse que não lá está, muito menos criar-se gente que verdadeiramente respeita a sua área e que leve a produção de bom trabalho e reconhecimento internacional do país
Replies: >>49
ClipboardImage.png (u)
[Hide] (91.3KB, 225x225)
>>42 (OP) 
>preocupados com poucas mulheres em IT porque paga bam

>pouco preocupados com poucos homens em enfermagem porque paga mal

Além disso tenho uma proposta muito boa para aumentar mulheres em IT:

>Ser mulher
>Chegar a altura de candidatar a faculdade
>fazer candidatura para um curso de Tecnologias de informação

Simples
Replies: >>48
Ifyoudontrenamethisyoureawhtiesupremacist.jpg (u)
[Hide] (55.3KB, 916x720)
>>47
Não percebes! A razão porque elas não ingressam é porque lhes foi expresso quando eram pequenas que mulheres não deviam tocar em computadores! Não te lembras daquele filme da Disney em que o príncipe programa em 28 línguas diferentes enquanto ela escolhe vestidos?? Elas precisam que a gente lhes relembre que o filme não era real! Elas estão muito traumatizadas, é preciso que a gente tome conta delas coisas fofinhas pequeninas queridinhas coitadas
Replies: >>53
>>46
Chora mais
Replies: >>50
>>49
Chora mais sobre o meu choro
Replies: >>51
>>50
Comprimidos, já.
Replies: >>52
Screenshot_20210411-231644_YouTube.jpg (u)
[Hide] (953.3KB, 2167x1438)
>>51
Em vez de dar argumentos só pensas em dar compridos, não diferes muito destas ordens que pouco ligam às consequências humanas desde que o assunto desapareça. Enfia-os no teu lugar cavernoso que são absorvidos mais rápido
>>48
>Pui Fan Lee, who played Po form 1997 to 2001 on the BBC show, later starred in Channel 4’s Metrosexuality drama, which aired in 2001 for six episodes.

Nunca, em toda a minha vida, pensei nas pessoas dentro desses fatos. Agora quero ir procurar mais sobre isso.
>>45
O Dominguinhos que vá apanhar no cu, tem o politécnico dele a cair de podre e não faz nada, mete nojo só .
[New Reply]
12 replies | 6 files | 10 UIDs
Connecting...
Show Post Actions

Actions:

Captcha:

Instructions
NotíciasRegrasFAQLegal/DMCADoar

Todas as marcas registadas, direitos de autor, comentários e ficheiros neste site são propriedade e responsabilidade dos seus respectivos autores e proprietários. Só um louco levaria o que aqui é escrito a sério.