[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]

/pol/ - Politicamente Incorrecto

Name
Email
Subject
Comment
File
Embed
Password(For file deletion.)

Allowed file types: jpg, jpeg, bmp, gif, png, webm
Max filesize: 10 MB.
Max dimensions: 10000 x 10000.


File: 1520690645369.jpg (125.33 KB, 600x1164, paridade.jpg) ImgOps Exif Google

 No.3803

De acordo com a nova lei que obriga todas as instituições do estado a terem uma quota de 40% de mulheres (mais 10% que há um ano) nos quadros dirigentes, o governo, após rápida deliberação decide resolutamente adapta-se a circunstancias.

Eis a nova composição dos ministros do governo:

 No.3804

>uma quota de 40% de mulheres
Por que não 50%?
A aplicação de quotas não é um assunto polémico ? Por que motivos não houve discussão em público ANTES da aplicação da lei ?

 No.3805

>>3804
>Por que motivos não houve discussão em público ANTES da aplicação da lei

Porque assuntos destes não interessa discutir, é aprovar e toma lá, o tribunal constitucional que se lixe.
Quem ousasse discutir ou contrapor que era discriminação levava logo com o rotulo de sexista-misógino-patriarcal nos merdia.
Aguardem mais 5 anos e temos quotas para gays, não-europeus, furries, transexuais, pedófilos…hmmm espera esses já lá estão.

 No.3806

>quando já é fodido arranjar emprego e agora as mulheres passam-nos à frente porque sim é lei

 No.3807

Porque é que o estado está constantemente a criar leis que o autodestroem?

 No.3808

File: 1520707162402.jpg (356.59 KB, 1280x720, buzludzha-16.jpg) ImgOps Exif Google

>>3807
Porque é isso que pretendem.
Estes partidos querem a destruição gradual da sociedade tradicional baseada na família e na iniciativa individual para a construção de uma nova, onde só existem humanos assexuados e sem vontade dentro do estado, como formigas num formigueiro.

Como é óbvio disfarçam isso com as tretas que "é pela igualdade", "nós sabemos o que é melhor para vocês", "isto é a BOA discriminação", "parece injusto, mas é só impressão vossa" e o clássico "se não concordas és fascista-sexista-reacionário".

O resultado a longo prazo é normalmente sempre o mesmo.

 No.3809

>>3808

Mas destruírem o governo e as instituições públicas não faz exatamente o oposto? Ou seja, ficam com menos poder para poderem impôr essas ideologias?

Ou o governo foi infiltrado por pessoas que defendem essas ideologias e contribuem para essa destruição para que o país tenha de acabar por pedir ajuda a globalistas que nos controlam através de dívidas? É isso que queres dizer?

 No.3815

>>3809
O que quero dizer é, ao fazerem constantemente imposições fundamentalmente injustas como estas sob o disfarce da "igualdade" e do "progresso" normalizam todo o tipo de arbitrariedades futuras com a mesma justificação: "é para o vosso bem".

Coisas como estas passam cada vez mais como normais, embora muita gente não concorde e queira contestar, calam-se com medo de represálias sociais uma vez que a media e o ensino estão formatados para ajudar este sistema criando uma narrativa uniforme do que "é certo" e do que "é errado", é a génese da auto-censura, muito mais eficaz que a censura oficial.

Isto faz com a verdadeira representatividade do povo seja erodida até não serem mais necessários para nada a não ser obedecer ordens.

E não, não ficam com menos poder, ficam com mais poder porque as mulheres que vão para esses cargos, umas serão competentes e merecem, as outras vão porque "está na quota" e essas vão ficar obviamente agradecidas e obedecer ao sistema que lhes deu boleia, mesmo não merecendo. Na URSS havia uma serie de fantoches femininos que estavam lá para "cumprir quota" no entanto tinham no que diz respeito à verdadeira esfera do poder zero influencia, assim que a URSS se desmembrou todas essas "mulheres competentes" desapareceram do mapa..porque eram só figuras decorativas, tipo as guardas costas femininas do Kadaffi.

E sim, uma parte importante das forças que estão no governo querem a destruição do estado como ele existe e do modelo de sociedade como ele existe, não são tímidas em revelar isso.
E o controlo através da divida existe por uma razão, porque alguém pede dinheiro à toa e sem controlo, se o coelho se vai por na boca do lobo, o lobo vai fazer o que é natural.

 No.3816

>>3815

Já estou a perceber.

Mas tal como na USSR, este tipo de medidas só podem levar à autodestruição do próprio regime que tentam impôr.

 No.3817

>>3816
Essa é a ironia, tentam destruir tudo o que funciona para dar lugar à utopia, que depois se revela sempre um pesadelo.

 No.3818

>>3817

Porque é que eles nunca aprendem? Supostamente eles (os que estão à frente destes movimentos) lêem história e política como os outros.

 No.3820

>>3818
Estão demasiados investidos na ideologia ou beneficiam dela, pelo menos a curto médio-prazo.

Os que estão investidos emocionalmente, estãm-o na mesma maneira daquelas pessoas que pertencem a cultos: é necessário acreditar sempre, as dificuldades são só provações a superar, no fim vai valer a pena, os outros socialismos falharam porque não era verdadeiros socialistas nem tinham a fé que eu tenho, etc.

Os que beneficiam, são obviamente os que têm alguma coisa a ganhar com o sistema ou com partes do sistema, os líderes que controlam o dinheiro do estado e podem sacar "o dizimo" para beneficio pessoal, donos de empresas que corrompem ou promovem partes desse sistema para beneficio próprio:
A Sonae subsidia o Publico, um jornal de esquerda-extrema esquerda que só dá prejuízo em troca de nunca ter greves nas outras empresas.
ou
O Facebook e o Google promovem todo o tipo de feminismos e gayismos, porque esses grupos são fundamentais no negocio deles que vive da publicidade a da superficialidade social.

 No.3821

>>3820
>A Sonae subsidia o Publico, um jornal de esquerda-extrema esquerda que só dá prejuízo em troca de nunca ter greves nas outras empresas.

Este sempre foi um assunto que nunca percebi, o motivo pelo qual o publico era do belmiro azevedo, tens alguma fonte naquilo que dizes ou é algo que tu dizes que é porque achas?


>>3808
>>3815
>>3817

para ti qual é o sistema ideologico final?

 No.3822

>>3821
Desculpa anon a quem a pergunta foi dirigida, mas vou-me intrometer.

>Porque os milionários apoiam esquerdices.


Porque primeiro ajuda a acabar com a concorrência, como sabes reguladores baseados servem apenas para exterminar novas empresas, da mesma forma se tiveres um jornal a envenenar as mentes do publico eles auto sabotar-se hão, até porque está provado que os normies psedos da vida que se acham informados por ler jornais, são os mais suscetíveis á propaganda por estarem exatamente em mais direto contato com ela.

 No.3823

>>3822
>
Porque primeiro ajuda a acabar com a concorrência, como sabes reguladores baseados servem apenas para exterminar novas empresas, da mesma forma se tiveres um jornal a envenenar as mentes do publico eles auto sabotar-se hão

não percebi esta parte, qual concorrencia? O publico parece a filial do esquerda.net, aonde é que incentivar o odio aos ricos tras vantagens ao belmiro azevedo

 No.3824

>>3823
Isto é uma coisa maquiavélica no sentido da luta pelo poder.

Então pensa bem, qual é a melhor maneira de tu controlares um inimigo. É criares um "homem de palha" que vai servir de bicho papão mas que está sobre o teu controlo.
Lembra-te no que é que consiste o marxismo, luta de classes, ou seja dividir para conquistar.
Neste caso o senhor Belmiro, tem a perfeita noção de que fomentar os esquerdopatas, só vai causar mais miséria para a população em geral.
E quanto mais miséria houver menos belmiros há, e ele quer ser o Belmiro sozinho porque não lhe apraz a concorrência.

 No.3825

>>3824
queria*
que esse esquerdolas de merda felizmente já foi com a puta que o pariu.

 No.3826

>>3823
só para dar uns exemplos:

tens o hitler que era judeo, o sadam que era kurdo ou o stalin que vinha do caucaso, todos eles genocidaram os conterreneos assim que tiveram oportunidade.
na mesma leva tens os romanos que quando derrotaram cartago ao invez de aproveitarem o que sobrou, salgaram a terra e limparam o resto da face da terra.

 No.3827

>>3824
dessa maneira faz sentido, mas acho que não é ele ter concorrencia mas sim ser imune às criticas

 No.3828

>>3827
Mas todos os que têm "quintinhas" na tuga estão imunes á critica, por isso é que tens um literal PCP num pais que há uns quarenta e tal anos foi desmantelado em grande parte graças ao comunismo.
È claro que é uma operação de charme, cães do mato tipo Belmiro, depois terem um jornaleco que defende o suposto desfavorecido.
Mas é mais do que isso, é na realidade uma manobra ofensiva, porque cães como o Belmiro agem por instinto, e ele é como o arquétipo do Chronos sem sequer ter noção disso.
O fdp é perigoso porque ele ao tentar ser nobre, é o mais ignóbil possível.
Porque propaga a merda do esquerdismo que só atrasa quem vai na conversa da vitimização, e cria a tal dicotomia patrão/trabalhador.
Isso no fim só compre a função de hegemonia, que favorece a criatura Belmira.

 No.3833

>>3821

Ok já vi que há aqui umas respostas bastante coloridas.

NMO tem que se perceber primeiro que tipo de grandes empresas podem sobreviver em Portugal: tens as empresas onde não se percebe muito bem onde começa o privado e acaba o estado tipo EDP ou PT, as que vivem quase exclusivamente de contratos com o estado tipo Teixeira Duarte ou Soares da Costa e finalmente as que são independentes do estado e vivem só do que conseguem vender como a Sonae.
Os comunas/xuxas têm um ódio de morte a este tipo de empresas porque não estão ligadas ao estado, logo procuram lixa-las de todas as maneiras que podem, com os sindicatos, com pressão legislativa e com os media.
Há umas décadas atrás o Belmiro era completamente fustigado pelos media, todos os dias apareciam noticias sobre "as más condições dos empregados do Continente" sobre a política empresarial da Sonae (chamavam-lhe o Homem Choné a gozar com um código de conduta que criou para os empregados chamado o Homem Sonae) e as greves começam a acontecer por tudo e mais alguma coisa.
O gajo pensa e chega à conclusão, ou resisto e acabam comigo (como aconteceu ao BCP) ou atiro-lhes um osso, e foi assim que comprou o Publico e o entregou a uma redação claramente de esquerda-extrema esquerda para o deixarem em paz, era isso ou começar a dar empregos de fachada a tudo o que fosse político no desemprego.

É a única explicação, o Publico só dá prejuízo há anos sem que nenhuma alteração significativa seja feita, ou quando é feita, é para ficar ainda mais à esquerda. O Publico é o seguro de vida da Sonae contra greves e má publicidade.



Não creio que haja um sistema ideológico final, mas a haver que fosse um que garantisse a liberdade individual e a meritocracia dentro de um sistema de grupo definido por nação, língua e cultura. Uma espécie de libertarianismo meritocrático balizado com nacionalismo, não um sistema de indivíduos atomizados como no libertarianismo clássico mas unidos num sistema de pertença cultural pragmático, ao contrario do socialismo onde a classe social independentemente da nação, cultura ou língua deve ser o suposto fator de união.
O pessoal que sonha alto com globalismos e socialismos internacionais é ingénuo ou/e dissimulado, a única maneira de manter esses sistemas é através da opressão que pode ser mais ou menos subtil. Esses sistemas são desenhados para bots sem afinidade emocional, ou ambição pessoal, não resultam com seres humanos, o ser humano é ambicioso e emocional, vai sempre haver diferenças baseadas no mérito próprio e vai sempre tender no favorecimento de grupos com quem sente afinidade cultural ou linguística.



[Return][Go to top] [Catalog] [Post a Reply]
Delete Post [ ]
[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]