[ * ] [ c / des / n / ndis / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]

/ndis/ - Notícias e Discussão

Name
Email
Subject
Comment
File
Embed
Password(For file deletion.)

Allowed file types: jpg, jpeg, bmp, gif, png, webm
Max filesize: 10 MB.
Max dimensions: 10000 x 10000.


File: 1471036626553.jpg (300.89 KB, 800x900, 1471015691045.jpg) ImgOps Exif Google

 No.5

>https://www.publico.pt/sociedade/noticia/ha-mais-partos-e-casais-a-arriscar-ter-o-terceiro-filho-1740584
>Há mais partos e mais casais a “arriscar” ter o terceiro filho
>pelo segundo ano consecutivo, estão a nascer mais bebés em todo o país
>mesmo nas envelhecidas e desertificadas regiões de Trás-os-Montes e Alentejo

Acham que Portugal está safo nesta questão por enquanto?
Se esta tendência não se mantiver, estamos fodidos.

 No.14

E quantos vão ficar? E quantos vão ter emprego em Portugal quando as maquinas vão dominar mais os locais de trabalho empregando menos gente? E quantos idosos vamos ter por trabalhador/jovem nessa altura?
Eu acho que vamos continuar a viver na corda bamba. Não é por alguns que conseguem ter 3 filhos que vão compensar os outros que não têm ou que só podem ter um. Há 50 anos atrás qualquer casal tinha praí 5 filhos, mas outros tempos.

 No.15

File: 1471056794739.png (371 B, 62x13, 6oscT.png) ImgOps Google

>>5
ta td fdd a nao ser que comecemos a exportar velhos

 No.16

>>14
>E quantos vão ter emprego em Portugal quando as maquinas vão dominar mais os locais de trabalho empregando menos gente?
Sim, o melhor é mesmo quando estávamos na idade da pedra e não havia máquinas, aí havia mais emprego.

 No.17

>>16
Tu estás a gozar, mas o anon está a falar a sério. A robótica a roubar empregabilidade dos humanos é um perigo mesmo muito real que poucos países estão a levar a sério.

 No.21

>>17
Já temem isso desde antes da industrialização e cá estamos.
Acho que estão a exagerar nos malefícios e que estão a ignorar benefícios.

 No.38

Não porque muitos destes partos é gente que não quer trabalhar ou ciganada.

 No.41

>>21
Nós já perdemos imensos trabalhos à pala das maquinas e isso tem sido um problema, até ao ponto que algumas empresas tradicionais portuguesas acabaram por fechar. Em certa medida é positivo porque produzes certo material mais depressa e em certos serviços é bastante util e mais rapido, mas quanto mais se evoluir menos pessoas vais ter a trabalhar e a contribuir na balança.
Os patrões já esfregam as mãos porque com maquinas não tens que aturar pessoas e ao longo do tempo acabas por gastar menos. Alguns já dizem isso de boca cheia porque as pessoas são um custo e eles querem-no todo para ele.
Mas no fundo, o que vais fazer com essa gente que é a maioria da população? Como é que vão viver? Achas que pode ir tudo para areas de ciencias ou assim? Ou vão coçar os tomates e depois vê-se no que dá? É que ninguem pára para pensar nisto, muito querem progredir, evoluir e ter melhor tecnologia mas depois esquecem-se de futuros

 No.47

>>41

O que não falta é trabalho que máquinas não podem fazer. O problema está na gestão dos países e não no progresso da tecnologia. No interesse de ganhar mais dinheiro as empresas progridem mais rápido que os governos corruptos e ai está o problema.

 No.85

>>47
>O que não falta é trabalho que máquinas não podem fazer.
Não falta agora, mas vai começar a faltar. Deixa os carros e camiões autonomizarem-se e vão 500.000 taxistas, camionistas e outros condutores profissionais para o desemprego. A maior parte deles conduz porque não encontra emprego noutra coisa. Now what?

 No.86

>>85
Não é segredo que o futuro da empregabilidade esteja em ramos que lidam com robôs (informática, electrotecnia, etc) e em ramos de necessidade humana, como a saúde.
De resto, a esmagadora maioria pode ser substituída por máquinas. Parece-me que os governos terão em breve de adoptar medidas que exijam às empresas uma quota mínima de funcionários humanos.

 No.117

>>86
Deixem-se de tretas, isso é cenário para lá de 2060 no mínimo.

 No.118

>>117
>2060
>qualquer garoto de 10 agora terá 54 nessa altura
Portugal está atrasado no ensino para caralho. Malta tira cursos em merdas que não vai ter emprego mal acabem o curso, porque ninguem os informa de antemao ou os preparam antes da escolha, nem têm coragem para acabar com esses cursos. Se já andamos assim agora e não prevemos 5 anos sequer, quanto mais 40 ou 50?
Nós não nos preparamos para nada, estamos sempre de mãos atadas por merdices politicas ou de sindicatos. Por isso mesmo que isso aconteça "só" em 2060 é antes da reforma de muita gente e literalmente estarás a dizer "olhem desculpem lá, vocês andaram a perder tempo de vida na escola durante uns 18 anos para nada. agora amanhem-se"

 No.123

Marxismo cultural vai destruir a civilização europeia, já começou em vários países e Portugal não é excepção, simplesmente estamos uns anos atrás dos outros nisso

Enjoy the ride

 No.124

>>118
>>123

Já temos uma economia estagnada a vários anos e isso vai continuar por muitos anos, taxa de poupança, casamentos, fertilidade horriveis e não existe nehuma solução possivel para a nossa realidade para reverter isso.

Para quem está a começar a trabalhar agora dificilmente irá criar riqueza e não irá ter pensões porque irá acabar entretanto.

>54% dos portugueses não pagam imposto sobre rendimentos

>1960 9 contribuintes para cada beneficiario
>2016 2 contribuintes para cada beneficiário
>tic tac… TIC TAC

 No.125

>>124

O nosso sistema económico simplesmente não suporta uma população que não esteja sempre a crescer. Nós devemos abandonar sistemas que simplesmente não funcionam em vez de importar escumalha só porque temos que ter mais população para sustentar a dívida.

 No.126

>>125
Boa sorte… quando tiveres na meia idade e ainda em Portugal prepara-te para viveres numa sociedade em que:

>% exorbitante de impostos sobre rendimentos e consumo

>desenpregados, beneficiários e pensionistas a serem a maior despesa nas contam públicas
>1/3 da população irá ter mais de 65 anos
>1/3 da população será obesa
>1 em cada 10 homens irá criar família e ter filhos
> 20 animais de estimação/robôs para cada criança

eventualmente iremos criar boas soluções para a maior parte dos problemas, mas em relação a economia todos os imperios/sociedades desenvolvidas colapsaram quando os seus cidadãos decidiram servir-se a si e não ao bem comum/Estado. Eventualmente teremos de escolher entre excluir a parte não produtiva da sociedade ou regredir muitos passos atrás no nosso desenvolvimento económico.

 No.127

Não, portugal é demasiado fraco por causa do dano causado pelos comunas/socialistas durante os anos para sobreviver os próximos 100 anos, cumps

 No.128

File: 1476440567924.jpg (72.72 KB, 640x640, cheeky.jpg) ImgOps Exif Google

se querem natalidade, importem muçulmanos ao nível do reino unido. cumps

 No.129

>>128
Nunca. Só essa sugestão já é uma ofensa ao legado do povo português.

 No.130

>>126

Parai de culpar os cidadãos que isto é tudo culpa de quem nos impôs um sistema económico à base da dívida e não da riqueza.

 No.131

era só pa dizer que acho muito mal isto do governo.

 No.132

>>128
Preferível morrer do que trair a pátria. Isso seria uma catástrofe.



[Return][Go to top] [Catalog] [Post a Reply]
Delete Post [ ]
[ * ] [ c / des / n / ndis / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]