[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]

/con/ - Consultório

e Conselhos
Name
Email
Subject
Comment
File
Embed
Password(For file deletion.)

Allowed file types: jpg, jpeg, bmp, gif, png, webm
Max filesize: 10 MB.
Max dimensions: 10000 x 10000.


File: 1524070437868.jpg (30.85 KB, 500x392, tumblr_mqtpotiqbC1r1yy45o1….jpg) ImgOps Exif Google

 No.1712

Onde é que traçam a linha entre fazerem o melhor para vocês e serem altruístas? Vou exemplificar com um exemplo, que me deixou com algum arrependimento.

Um pouco de história de fundo. Sempre vivi bem, e a minha família sempre me incutiu o gosto de viajar. Dito isto, costumo visitar pelo menos um país diferente por ano e por isso já conheço muito mundo.
Não vou entrar em pormenores, mas há uns tempos surgiu-me um programa que me permite viajar. Inscrevi-me e com o resto da malta que também o fez, tínhamos de chegar a um consenso de quem ia para onde.
Eu, pensando no melhor para mim, escolhi um país distante e que nunca tinha visitado e consegui ficar com isto. Com isto, tive de deixar países como Espanha para pessoas que nunca tinham saído do país.
Soube ainda mais tarde que a minha viajem foi expandida e que vou passar noutro país, também ele longe daqui.

O que me prende nisto é, devia ter pensado nos outros e "sacrificar-me", indo para um país perto e que já conhecia, ou devia cagar nos outros e focar-me em mim?

 No.1713

File: 1524071311283.jpg (270.71 KB, 1489x831, 1523824618862.jpg) ImgOps Exif Google

>>1712
>problemas de ricos: o fio
O teu tempo neste mundo é limitado, faz dele o que quiseres. Mas em ti já tens o veneno de achares que os outros te predem e que partilhares uma experiência com eles é sacrificares-te. Podias ter posto a questão ao contrário, podias ter considerado que visitares um país mais distante implicava sacrificares um tempo com os teus amigos. Mas não. Não o fizeste. Isso revela muito, enfim.

Ninguém tem que te dizer como deves despender o teu tempo limitado neste mundo. Apenas tenta não ter uma alma feia, anão, as tuas falhas de personalidade são a todos bastante visíveis.

 No.1714

>>1713
>Mas em ti já tens o veneno de achares que os outros te predem e que partilhares uma experiência com eles é sacrificares-te
Acho que não percebeste qual foi a minha dúvida.

>Apenas tenta não ter uma alma feia

Mas é isso que estou a tentar fazer, ao tentar perceber se devia ter pensado mais em mim ou mais nos outros.

> as tuas falhas de personalidade são a todos bastante visíveis.

Podes elaborar?

 No.1715

>>1714
>Acho que não percebeste qual foi a minha dúvida.
Realmente creio que não. Mas ao reler o teu poste não sei se percebo. A minha interpretação é que estás dividido entre fazer algo novo ou acompanhares os teus amigos numa coisa que já fizeste. Corrige-me se eu estiver enganado.

>Mas é isso que estou a tentar fazer, ao tentar perceber se devia ter pensado mais em mim ou mais nos outros.

És só tu que podes decidir isso. Invariavelmente as pessoas hão-de te julgar, e isto aplica-se duplamente ao Português. Há sempre um equilibro na minha opinião mas isso é uma conclusão à qual só tu podes chegar, os outros só são capazes de introduzir informação que tu podes aceitar ou rejeitar.

>Podes elaborar?

É como te disse em relação ao teu emprego de "sacrifício", é um deslize Freudiano. Aí indicaste a tua predilecção por um dos cenários, neste caso o de deixares os teus amiguinhos a brincar na babuja enquanto viajavas a sério. E atenção que isto em princípio até nem tem nada de mal, eu não detenho a informação toda, eu não consigo julgar se isso é bem ou mal. Mas assim de repente, e na minha portuguesíssima opinião, há qualquer coisa de feio nessa postura.

 No.1716

>>1715
Acho que me expressei mal e isso pode estar a influenciar a tua resposta.

Eu não vou com amigos.
Havia duas viagens, uma para Espanha (aqui ao lado e banal) e uma para dois países distantes.
Não podem ir todos às duas, portanto foi preciso chegar a um consenso de quem ia para onde. Eu esforcei-me para ir os outros países e consegui isso.

A minha questão é: como já viajei muito e muito mais que os outros (que nunca saíram do país) devia tê-los deixado ir para os outros países ou fiz bem em pensar em mim e evitar Espanha?
Os amigos não estão em causa, até porque eu não conheço nenhuma das outras pessoas.

 No.1717

>>1716
Se essas pessoas não te dizem nada, porquê o dilema então? Se é algo que precisa ser decidido em grupo, então o dilema é igualmente válido para ambas as partes, pelo que ultimamente não existem factores externos senão aquilo que tu queres fazer. Cada um decidiu aquilo que pode ou que quer fazer, nada mais.

Acho que estás a pensar demasiado nisso. Só podias pensar em ti nessa situação.

 No.1718

Que fio estúpido, OP. É óbvio que não fizeste nada de mal.



[Return][Go to top] [Catalog] [Post a Reply]
Delete Post [ ]
[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]