[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]

/con/ - Consultório

e Conselhos
Name
Email
Subject
Comment
File
Embed
Password(For file deletion.)

Allowed file types: jpg, jpeg, bmp, gif, png, webm
Max filesize: 10 MB.
Max dimensions: 10000 x 10000.


File: 1512566504604.jpg (123.93 KB, 1080x917, 1493246832778.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1367

pois bem malta hoje a minha namorada, agora ex, terminou comigo.
segundo ela sou demasiado possessivo e manipulador, uma breve pesquisa nas interteias levou-me a isto


Zomba ou constrange você na frente dos amigos e da família?
>já brinquei á frente da mãe dela com a condução dela (ex)

Minimiza suas conquistas ou não incentiva você a conquistar seus sonhos?
>incentivo-a sempre a ser mais e querer ser mais

Faz com que você se sinta incapaz de tomar decisões?
>nunca , e sempre que me pede ajudo-a

Usa da intimidação, culpa e ameaças para obter sua complacência?
>quando a culpa é dela sim digo-lhe que a culpa é dela de forma racional, acaba sempre por virar a espada e a culpa passa a ser minha

Diz o que você deve ou não vestir?
>sim, não gosto que ela vista certas coisas por isso digo-lhe para não, acho que ela própria devia não vestir sem eu ter de dizer algo

Fala como deve deixar ou pentear o cabelo?
>não me importo, sempre que faz algo no cabelo elogio-a

Diz que você não é nada sem ele ou que ele não é nada sem você?
>sim, eu sem ela fico de rastos "ele não é nada sem você"

Te trata de maneira grosseira sem o seu consentimento, beliscando, agarrando, empurrando ou até agredindo?
>já a insultei verbalmente, ela pediu para ser sincero e calmamente chamei-a de puta, não aumentei o tom nem nada

Faz várias ligações por noite ou aparece para garantir que você está onde disse que estaria?
>não, no entanto costumava-mos estar sempre ás mensagens, não sei se não fosse esse o caso não o faria

Usa as drogas e álcool como desculpa para dizer coisas indelicadas ou para abusar de você?
>não bebo, não fumo

Te culpa pela maneira com que age ou se sente?
>não, culpo-me a mim por sentir que a estou a manipular e/ou ser demasiado possessivo

Faz pressão para fazer sexo, mesmo que você ainda não se sinta preparado?
>nunca

Dá a sensação de que “não há como sair” do relacionamento?
>eu a ela e ela a mim.

Evita que você faça outras coisas que gosta, como ficar perto da família e de amigos?
>sim, não gosto que ela apanhe bebedeiras e passe a noite longe de mim (diria até sem a minha supervisão) numa casa privada com outros colegas de faculdade

Não deixa que saiam de um lugar após uma briga ou abandona você em algum lugar após um desentendimento, só para “ensinar uma lição”?
>nunca a obriguei a ficar se ela quiser ir embora respeito, ""abandona você em algum lugar após um desentendimento, só para “ensinar uma lição”"" admito já o fiz mais que uma vez julgo eu



"Distancie-se dele e ponto final. Isso é ainda mais válido se ao identificar as seguintes situações:"
Sentir-se assustado pela forma como parceiro vai agir ou reagir.
>sim ela disse-me que tinha medo da minha reação mais que uma vez
Sentir-se responsável pelos sentimentos do parceiro.
>check também já mo disse
Arrumar desculpas para justificar o comportamento do manipulador a outras pessoas.
>não tenho a certeza
Acreditar que tudo é sua culpa.
>yup confirma novamente
Evitar qualquer coisa que possa causar conflito ou irritar o parceiro.
>confere, razão para termos acabado (mentiu-me a relação toda para não me contar uma coisa e quando me disse saltou-me a tampa e acabamos)
Sentir que o parceiro nunca está feliz com você.
>sou a pessoa mais feliz do mundo quando estou com ela
Fazer sempre o que ele quer e nunca o que você deseja.
>disse-me isso exatamente antes de acabar comigo
Ficar com o parceiro pois tem medo do que ele pode fazer ao terminarem o relacionamento.
>confere.



Avisos
Pessoas que controlam e manipulam os outros são influenciadas por fatores externos, como pais abusivos ou transtornos mentais e clínicos. Não há como mudar ou “salvar” esse tipo de pessoa, independentemente de quanto se importar com ela. As melhores opções de ajuda são se recusar a ser vítima e direcioná-los a um local para obter ajuda profissional.
>confere, todos os fatores externos mencionados acima

Fique atento a comportamento agressivos e ameaças, inclusive aos amigos e parentes ou a cometer suicídio. Não confie em seu próprio julgamento para determinar se as ameaças são sérias; chame a polícia imediatamente. Provavelmente, é apenas uma pessoa difícil, não perigosa, mas é bom não arriscar. Se necessário, obtenha uma ordem de restrição e ligue para a polícia sempre que ela for infringida.
>sou incapaz de lhe tocar, nunca na vida. não sei se consigo dizer o mesmo de mim.

A compaixão não é um sentimento fácil de ser entendido ou aceitado por essas pessoas, o que só machucará a você ainda mais no final das contas, além de ser usado como uma arma pelo manipulador. Cortar relações com ele pode parecer algo cruel, mas isso acaba com as brigas e confrontos, forçando-os a continuar a vida ou procurar ajuda.
>confere mais uma vez, foi o que aconteceu.


Tl:Dr- sou um namorado abusivo e manipulador, quero melhorar e gostava de saber se há algo que possa fazer para alem de ajuda externa (tipo um psicólogo ou algo do género), tenho medo que isto ""Não há como mudar ou “salvar” esse tipo de pessoa"" seja verdade e quero fazer tudo para melhorar, esta semana que vem vou procurar um consultório ou gabinete em que possa ver este assunto com um profissional, acham possível deixar de se ser um namorado possessivo e/ou manipulador?

 No.1368

Pá, foca-te em ti mesmo. As gajas só querem coisas grátis e bébés. Não dá para negociar com aquilo. Se te deitou fora, trata de te melhorar a ti mesmo.

 No.1369

>>1368
>"Se te deitou fora, trata de te melhorar a ti mesmo."
é o propósito do post anão, quero deixar de ser assim porque acho que me afeta em mais que na relação

 No.1371

Só o facto de ires à internet pesquisar sobre isso demonstra que tens um problema algures. Mas é de cabeça.

 No.1372

Tens que confiar mais nela, não há nenhuma forma mágica que te vai deixar de ser assim. Só com o tempo e confiança na relação é que vais lá.


Mas isto é tudo muito bonito aqui escrito, porque na vida real um gajo vê cada coisa e tem razão para ser assim. São putas a mostrar o cu para a câmara e depois o corno tem de lá ir comentar para mostrar posição, são elas a irem quase despidas para a noite, são elas a mamar na boca de outro na noite sem qualquer problema porque depois se desculpam com o "estava bêbada bebé, não sabia o que estava fazer", "a culpa é tua, tu forçaste-me a fazer isto, és demasiado controlador".


Tudo puta. Só tens que lidar e rezar para que não sejas corno. Nunca ganhas nesta guerra, companheiro. Se andas sempre em cima delas, elas fartam-se e deixam-te, se lhes dás muita liberdade e tens o azar de ter uma namorada puta vais ser corno obviamente e sem saber.
Mas obviamente que isto também serve para os homens.Também há gajos que saem à noite e comem qualquer uma.



No teu caso, acho que é uma destas duas situações. Ou a relação/ela não te transmitia confiança plena e aí parte da culpa é dela. Ou és bastante inseguro e aí o problema é mesmo teu. Trabalha na tua auto-confiança, não dependas tanto de teres uma namorada, foca-te em ti e tenta melhorar em todos os aspectos, as gajas lá aparecem.

 No.1373

>>1372
>Mas isto é tudo muito bonito aqui escrito, porque na vida real um gajo vê cada coisa e tem razão para ser assim. São putas a mostrar o cu para a câmara e depois o corno tem de lá ir comentar para mostrar posição, são elas a irem quase despidas para a noite, são elas a mamar na boca de outro na noite sem qualquer problema porque depois se desculpam com o "estava bêbada bebé, não sabia o que estava fazer", "a culpa é tua, tu forçaste-me a fazer isto, és demasiado controlador".


>Tudo puta. Só tens que lidar e rezar para que não sejas corno. Nunca ganhas nesta guerra, companheiro. Se andas sempre em cima delas, elas fartam-se e deixam-te, se lhes dás muita liberdade e tens o azar de ter uma namorada puta vais ser corno obviamente e sem saber.

Mas obviamente que isto também serve para os homens.Também há gajos que saem à noite e comem qualquer uma.


Nao é tudo puta, voces é que so andam com putas e depois queixam se.

 No.1374

Eu estive num relacionamento abusivo e cheguei a lhe bater uma vez mas só porque ela me batia e certa vez não aguentei mais. Sempre tive problemas de agressividade mas nunca lhe tinha tocado, arrependo-me muito dessa merda mesmo que me enraiveça o facto de saber que esse arrependimento não é mútuo. Eventualmente a coisa deu para o torto, claro, e agora sou um solteiro em recuperação.

Putas, maninho, muito se diz por cá e muitas vezes em tom de gozo, mas tudo putas. Amor é um sentimento exclusivamente masculino.

 No.1384

>sim, não gosto que ela vista certas coisas por isso digo-lhe para não, acho que ela própria devia não vestir sem eu ter de dizer algo
>sim, não gosto que ela apanhe bebedeiras e passe a noite longe de mim (diria até sem a minha supervisão) numa casa privada com outros colegas de faculdade
>>nunca a obriguei a ficar se ela quiser ir embora respeito, ""abandona você em algum lugar após um desentendimento, só para “ensinar uma lição”"" admito já o fiz mais que uma vez julgo eu

Sim, és possessivo e manipulador

Apaga este fio OP

 No.1387

File: 1513102053544.jpg (16.62 KB, 250x250, mfw.jpg) ImgOps Exif Google

>>1384
>Ele deixa a namorada aputalhar para a noite sem qualquer precaução

Como é que vão esses cornos, manso?

 No.1392

>>1387
Se ela vai aputalhar é com ela, claramente têm ideias diferentes e não são compatíveis. Ninguém te obriga a estar com ela.

Mais, ela já era assim, não ficou. Não é por ter uma relação que vai mudar

 No.1407

>>1367
boas anões, a relação acabou.

>ontem

>ela vira-se para mim e diz
"btw vou passar 5 dias fora com um grupo de amigos, não vou ter rede por isso não vamos poder falar"
>nesse grupo de amigos estão 2 ex's dela
>demontro que estou magoado com a situação e digo-lhe que não foi correto não me falar disto antes de tomar a decisão e que se somos uma relação séria estas coisas têm de ser discutidas entre os dois
>responde-me com:
"não somos casados, não tenho de te dar justificações de tudo o que faço"
>passo-me e digo-lhe que ela não pensa antes de agir e que está numa relação séria mas têm ações de quem está solteira
>ela vira as mesas e agora a culpa é minha porque estou sempre a apontar-lhe o dedo e acaba comigo

o que doí é que eu a amo tanto que sei que se ela me voltar a dar o mínimo de atenção, mesmo que tenha estado com outros 30 gajo, eu vou voltar para ela …

 No.1408

>>1407
Mano, tu agiste de forma correcta ela é que parece que já só estava à procura de um pretexto para acabar a relação.

>o que doí é que eu a amo tanto que sei que se ela me voltar a dar o mínimo de atenção, mesmo que tenha estado com outros 30 gajo, eu vou voltar para ela …

Isso é porque não tens escolha. Se tivesses rodeado de gajas tu não dirias isso como não estás a 1ª que te dá atenção é logo "a tal". Não te leves muito a sério nem te censures por isso, tens é de sair da tua zona de conforto e lidar com mais elementos do sexo oposto porque estares apaixonado por uma gaja que, claramente, não te respeita não dá com nada

 No.1409

>>1408
pode até ser isso, mas como lidar com o sentimento de que ela era a tal e que se eu tivesse aceite melhor tudo o que se passou ainda teria a companhia dela?
primeira vez que senti amor real por alguém e ter perdido esse alguém está a matar-me por dentro, obrigado pelo /conselho/ família.

 No.1410

>>1409
Como é que uma pota que te trata desta forma pode ser a tal?

 No.1411

>>1409
>se eu tivesse aceite melhor tudo o que se passou ainda teria a companhia dela?
Pá também a podes deixar andar a foder com pretos, e com os ex dela, e depois dar-lhes casa, comprares comida, pagares as contas etc etc. Tens um grande par de cornos, és motivo de gozo, não tens amor próprio, ninguém te respeita mas ao menos tens a companhia dela (até determinadas horas porque depois ela vai para a noite levar com ele e só volta de manhã)

Cada um é como cada qual e só tu e ela é que sabem quão séria era a relação e quanto tempo durou. Eu também não me sentia confortável no teu caso e muito menos admitiria que ela colocasse as culpas em mim pela situação, acho que essa atitude dela diz tudo e expõe a sua maldade.

Caga nela puto

 No.1412

Já passei por algo semelhante há uns meses. Hoje estou com outra rapariga e ainda sinto falta de algo da minha ex, mas tenho a perfeita noção de que não voltaria para ela, nem por nada.

Podia contar a história toda mas nem é assim tão interessante. Ela basicamente sentiu-se sozinha e usou-me, quando teve oportunidade foi para outro lado e passado umas semanas descartou-me completamente da vida dela - ao ponto de dizer que nunca mais me queria ver na vida - isto sem qualquer motivo para tal. Tentei durante semanas falar com ela, e ela até ia respondendo mas fechava sempre a porta a qualquer tipo de reconciliação. Eu disse-lhe logo que não iria dar para continuarmos como amigos. Ela disse-me que tinha pena porque até curtia de mim. Hoje não nos falamos. Sinto falta dela? No seu todo, se parar e for racional: não. Há sempre pequenas coisas, mas temos de saber viver com isso.

O meu conselho, por mais cliché que possa ser, é investires em ti, na tua personalidade. Arranja um emprego. Se estiveres a estudar, arranja um part-time. Compra roupas que sejam o teu estilo, vai a concertos de bandas que gostes, usa e abusa dos teus amigos, sai à noite e bebe uns copos (esqueça essa merda do "não bebo", há momentos das nossas vidas em que TODOS bebemos). Tira o melhor da tua personalidade, e nunca te esqueças do pior. Não vale a pena tentares camuflar o pior, usa-o apenas da melhor forma possível. Ninguém é perfeito, e mesmo aquilo que possas considerar pior em ti, pode ser algo trabalhado para que seja alterado positivamente e apreciado por outros. Segue em frente, e sê egoísta quando tens de ser, a tua vida ninguém a vai viver por ti.



[Return][Go to top] [Catalog] [Post a Reply]
Delete Post [ ]
[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]