[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ doar / info / regras / notícias / https / git ]

Catálogo (/con/)

Sort by: Image size:
R: 3 / I: 0

Nunca quererei saber

Não sei, não sei o que escrever sobre mim, sobre nós. O que somos, o que podemos ser. Não sei.
São duas das palavras que mais me disseste… não sei.
Tudo o que sonhámos fazer, todas as metas que sonhámos alcançar, lado a lado, sempre. Pois afinal não havia sequer outra forma,
mesmo sendo realistas, nunca o conseguimos ser na nossa relação. Tentamos ver sempre o melhor de uma pessoa e mesmo quando
esse melhor teima em desvanecer ou acabar mesmo por desaparecer agarramo-nos à lembrança, ás memórias dos tempos passados,
do que nós, duas pessoas complicadas numa história complicada, conseguimos ultrapassar e vencer.

E para quê? De que nos valeu isso? De que me vale ter a certeza que és o amor da minha se tu não estás sabes que eu não sou o teu?
De que me vale agarrar-me a algo que por muito que ame sei que irei conseguir o que mais quero. Fazer-te feliz como o rapaz, que ainda hoje amas, te fez.
R: 32 / I: 3

guia para arranjar fofinha

Olá danones, crio este fio para os dux do chã ajudarem os virgínios a arranjar fofinhas.

>ser eu

>18, na universidade
>únicos interesses são política, música e cinema
>única gf que tive foi aos 12 e mesmo assim só nos comíamos com roupa e aos apalpões
>nunca tive outra fofinha desde então porque fiquei meio adverso aos relacionamentos (acabou mal o outro)

É assim, sendo eu um gajo, francamente, mediano, como arranjo mais fofinha? Não sou feio, mas também não sou uma brasa. Não sou obeso, mas também não estou fit. Tenho medo que após arranjar fofinha ela se aperceba que consegue arranjar melhor que eu e me deixe. E tenho medo de estar "abaixo" da liga dela, passo a expressão.

Como faço para arranjar fofinha sem que ela me fuja?

Os outros virgínios que deixem as suas preocupações aqui também. um bem haja.
R: 1 / I: 0
Acham cringe um gajo tentar online dating?
R: 48 / I: 10

Fofinhas

>ser eu
>19, na uni
>6/10 max
>virginio em tudo até de beijo
>pressão da mãe para arranjar fofinha
>até saio de casa frequentemente
>average dude das engenharias que joga pc e é nerd pa caralho

Anões quero ajuda, dicas ou assim, para arranjar uma fofinha. Já tento nas festas. E ter amigas de longa data ou mais próximas não tá a ajudar.
R: 8 / I: 0

Como durar mais tempo?

Boas anons,

Para aqueles que já tiveram relações sexuais alguém tem truques para que a 1º ejaculação não seja rápida? Já fudi a minha fofinha 3-4 vezes só que o problema está na primeira ejaculação que é cedo demais. Tive casos que era instantânea logo que entrava ou passado 2-3 mins, na segunda dura o tempo que quiser mas é aquela sensação chata de ter que trocar o preservativo e a piça ficar mole por algum tempo (para além que a gaja fica um pouco sem pica mesmo dizendo que é perfeitamente natural de estar nervoso blablabla).
Já pensei que tivesse ejeculação precoce, ainda estou para ir ao médico. Só queria alguns conselhos porque até pode ser que isto se resolva em casa (já estive a ver aquelas "terapias de sexo" mas duvido que resulte pois tentei uma meia dúzia de vezes e não senti efeito). Não experimentei o tal dos preliminares que até pode resolver temporariamente ou também pode ser com a prática consiga aguentar mais.
R: 5 / I: 0
boas manos, preciso mais uma vez da vossa ajuda.
O que é que vocês acham de condicionar algumas ações da vossa parceira?

A minha namorada de vez em quando gosta de usar saia, o problema é que eu não aprecio muito porque sei que vai chamar muito mais atenção masculina e a probabilidade de haver um descuido é bastante alta, quero dizer-lhe que não gosto mas não quero parecer que a estou a enjaular, qual é a vossa opinião neste assunto? diziam que não gostavam? diziam que não gostavam e proibiam-na de usar saias sem voces por perto?

TL;DR: não quero que a minha miúda ande de saia, mas não sei se lhe deva dizer isso ou não

>inb4: SJW e cucks ponham-se no caralho
R: 15 / I: 1

Mãe de todas as questões

/con/.

Como arranjar namorada?
Dêm-me o guia passo a passo
R: 12 / I: 0
álô manos

É o seguinte a minha fofinha vai a um concerto e pediu-me para ir com ela (vai com uns colegas de faculdade) mas eu recusei porque para ser honesto não gosto de concertos , gosto do grupo em questão mas sou autismo e acho super estranho ir a um concerto não sei como me comportar é horrível.

A questão é que o grupo é muito especial para ela e foi uma das razões para termos começado a falar o que originou a relação, acham que devia deixar de ser atrasado e ir com ela ou se não me sinto confortável não vou?

obrigado
R: 2 / I: 0
>ser eu
>ir ao estádio ver o meu clube
>no meu setor vejo uma ex crush,incrivelmente linda
>lembrar que ela me deixou de responder do nada
>seguir no insta, ela não dá follow back
>ela mete uma selfie eu respondo com um emoji feliz e ela nada
>tento falar com ela e response torto e ignora

Acontece que sempre fui o dominador,nunca passei por isto mas eu todos os dias me lembro dela , sonho com ela e fico sempre a ver o insta a espera de actualizações

Pf ajudem, recentemente as fofas não me dao resposta, nem a porcaria de um match no tinder tive
R: 9 / I: 0
Maninhos,

Passei por uma fase de depressão complicada onde precisava de alguém ao meu lado e comecei a namorar com a primeira pessoa que me apareceu à frente, tendo ligado só à aparência.

Neste momento, segundo os psicólogos, já tenho a depressão tratada e quando olho para a minha namorada, vejo uma gaja bonita mas não me identifico em nada com ela e recuso-me a imaginar o meu futuro com ela.

Preciso de acabar com ela mas estamos a viver juntos e até fizemos uma conta bancária em conjunto.

O que fazer? Foi uma má fase minha e não a quero para a minha vida.
R: 6 / I: 0

ToU fOdIdO

Boas pessoal,
Preciso da vossa ajuda, isto é algo sério…
Bem, na terça feira uma gaja tipo defeciente, vá não vou dizer defeciente, mas…é uma pessoa que não consegue mesmo raciocinar muito bem…ela ainda anda na escola, tem 18 anos e tem necessidades educativas especiais por assim dizer…
E ela na terça-feira(dia 7/03) começou a falar comigo… e desde então começou a falar comigo todos todos os dias…e ela é chata… e já estou a ficar farto de ser obrigado a responder às mensagens, mas ela gosta de mim e ja me chamou "meu principe" e coisas do genero…ja lhe disse que nos nao somos mais do que amigos… ela perguntou-me se eu tinha namorada eu disse que nao mas que também nao estava interessada nela, mas ela continua a falar comigo e eu sinceramente já estou meio que farto de falar com ela e quero deixar de falar com ela sem que ela se sinta ignorada, rejeitada, pronto, nao quero que ela se sinta mal…se eu deixar de responder ela chateia-me mais ainda a dizer que eu nao quero saber dela para nada, se responder ela nao se cala, ja pensei em bloquear mas isso pode-lhe deixar triste saber que nao pode responder mais à conversa…
quero arranjar uma maneira de acabar com isto sem que ela se sinta mal e triste e não ter de recorrer ao block no facebook…ajudem aí anons!
R: 7 / I: 0
como é manos
a situação é a seguinte, "estou" com uma rapariga há cerca de 2 meses. nunca definimos que andávamos ou que namorávamos nem nada disso, simplesmente estamos juntos às vezes. No inicio confesso que até tive um pouco de medo, pq estava a achar que estava mesmo a gostar dela e saí há relativamente pouco tempo duma relação (6 anos) e não queria nem de perto apaixonar-me agora. contudo, não aconteceu e estou um bocado farto de tar com ela, ainda que ela seja 5 estrelas e só queira (mesmo) o meu bem. o meu maior stress no meio disto tudo, é que ao que parece eu tirei-lhe a virgindade… e está a chegar a um ponto que é notório que ela gosta mais de mim do que eu dela, e estar a bazar assim parece que só a quis comer e bazar, quando não é nem de perto a realidade… alguém já passou por algo parecido? só estou com problemas porque gostava mesmo que ela saísse desta situação o menos magoada possível

pica não relatada
R: 17 / I: 3
Boas!
Namoro com uma rapariga há 3 anos, no inicio era tudo muito bonito, uma simples saída, num sitio simples, dava conversa para horas e carinhos, chamadas, conversa por mensagens, etc.
Agora, estamos os dois a tirar o mestrado e trabalhamos em part-time.
Só estamos juntos uma ou duas vezes por semana, no máximo, por causa dos horários.
E parece que a paixão morreu, já não temos tantas coisas em comum, quase não temos assunto, ela está sempre a mandar vir com coisas insignificantes, às vezes nem beijos quer, parece que já não somos nós.
Eu sempre tive bastante facilidade em socializar com o sexo oposto, tenho um grupo porreiro de amigas e tenho algumas colegas de faculdade a atirarem-se a mim. O que acaba por dificultar a minha situação, a minha fofinha, está constantemente com ciumes e recusa-se a falar com as minhas amigas.
Para além disso, nunca tivemos relações, porque ela acha que não está preparada, coisa que eu tinha com ex-namoradas.
Nos últimos meses, ela tem estado muito distante, só temos conversas mais longas quando acontece alguma coisa e ela precisa de apoio e de desabafar.
Já falamos sobre isto tudo e ela acha que está tudo bem, mas vai tentar falar mais, coisa que nunca aconteceu.

Eu gosto dela, mas não consigo arranjar uma solução para isto, o que faço /con/?
R: 11 / I: 0
Boas manolos,
É normal a minha namorada mostrar-me fotos de outras gajas e primeiro perguntar-me se são bonitas e a seguir a minha resposta perguntar se são mais giras que ela?
Ela também faz isso com partes do corpo, nomeadamente mamas e cus. E faz isto de forma recorrente.
R: 12 / I: 1

Febre Amarela

/con/ há alguma maneira de arranjar uma fofinha asiática em Portugal?
R: 11 / I: 3
Boas /con/selheiros

>Ser um gajo com 22 anos

>Um pouco beta e ser virgínio sem beijo
>5/10 máximo 6/10 de aparência (nem feio nem bonito)
>Desde pequeno sempre gostei de jogos (especialmente dediquei imenso ao cs) e uso como um "escape" de todos os meus problemas
>Nunca me preocupei em arranjar uma fofinha, sempre foi aquele que pensava que um dia ia encontrar alguém especial
>Ter 1-2 gajas que gostavam de mim mas eram 2-3/10 por isso nunca dei muita atenção quando era puto
>Ter alguns crushs mas como era um pouco tímido nunca tentei dirigir a essa(s) pessoa(s) (e possivelmente se calhar até gostavam de mim)
>Estar na universidade sem motivação nenhuma e fazer as cadeiras um pouco à pressão
>mcq o meu "escape" já deixou de funcionar e cada vez que jogo parece que não sinto nada e fico mais frustrado


Já tive uma depressão à pala disto mas consegui ultrapassar mas não sei se algum dia posso voltar a ter.
Com isto de não ter gajas já pensei em virar bisexual porque um dia conheci um alemão com quem me dava bem e não sabia que ele tinha um fraquinho por mim (passavamos dias a falar de coisas relacionadas com furrys e bronys). Até que um dia ele disse que precisava de um tempo para pensar nas coisas dele pois ele está a passar numa depressão e como é uma relação online pouco posso fazer (já tinha pensado em encontrar um dia com ele mas não sei se iria resultar).

O que posso fazer anons? Alguém já passou por uma situação semelhante?
R: 3 / I: 2
Boas, candidatei-me a explicador de inglês num centro de estudos como part-time e terei uma entrevista de emprego. O problema é, nunca fui a uma, não sei que espera. Para agravar as coisas, o entrevistador vai ser um antigo professor meu. Ambos sempre tivemos uma atitude neutral e acho que ele é capaz de me foder na entrevista só porque fui aluno dele. É um prof jovem com um ego elevadíssimo onde as gajas derretiam-se todas a falar para ele, carismático… That guy.

Also

Nunca tive grande experiencia em transmitir conhecimentos, algum anon que ja deu aulas/explicações pode mandar aí umas tips de como motivar/ajudar um aluno dp 1º/2º e 3º ciclo?

Obrigados
R: 8 / I: 0
>querer algo casual
>conseguir
>3 dias depois conseguir outra vez, com a mesma mulher
>aperceber-me que já não é casual para ela, mas ainda é para mim

Agora ela gosta mais de mim do que eu dela. Já sei o que fazer, o quanto antes, mas como ganho coragem? Como não passo a imagem de um javardo mentiroso que só a queria usar?
R: 12 / I: 0

Homossexualidade

Boa noite anões. Algum de vocês poderia dar-me dicas acerca de como encontrar homens homossexuais para ter uma primeira experiência sexual? Algum site onde não seja preciso logar com o facecancro e haja apenas portugueses. Agradecido pela ajuda.
R: 7 / I: 0

Esquecer alguém

Como me esqueço de alguém que marcou a minha vida?
R: 9 / I: 1
manos preciso de ajuda
após anos a chatearem-se um com o outro por vários meses os meus pais divorciaram-se, desde março que vivem na mesma casa mas separados, já antes quando se chateavam era a mesma merda viviam debaixo do mesmo tecto mas não se falavam, a única diferença é que se divorciaram e cada um depende de si. posto isto gostava de saber o que é que vocês faziam sabendo que a minha mãe não lidou bem com o facto de o meu pai ter pedido divórcio. desde o primeiro dia que falei com ela pelo telemóvel após divórcio que não aguentou contar a história toda sem chorar, depois desse dia parecia que se tinha recomposto, mas recentemente neste mês que começou outra vez a chorar. cheguei hoje a casa e quando a vim ver para cumprimentar apanhei-a a chorar sozinha no quarto de onde dorme, por mais que tente ela não me diz nada mais do que "já não consigo", "não posso mais estar assim". sinto-me inútil e um completo falhado incapaz de mudar esta situação, não consigo falar com ela, ela não consegue mudar e receio que isto não vá acabar bem.
não sei se devia de estar a postar isto aqui, podem-me chamar o que quiserem mas não sei o que fazer.
R: 2 / I: 0
A minha ex acabou comigo já fez 2 anos e eu ainda sinto que gosto dela? É normal ficar assim durante tanto tempo? Nós já não nos falamos à cerca de 1 anos e meio
R: 0 / I: 0
como é que eu me torno o imperador de angola?
pica relatada
R: 6 / I: 0
> asq todos os meus e-amigos deixam de falar comigo ou até em alguns casos desaparecem
R: 11 / I: 1
Vocês têm aulas de dança? Aconselham a um tosco sem coordenação e sem ritmo a aprender a dançar? É estúpido ir para aulas de dança com o intuito de tocar em mulheres, tornar-me divertido para elas e possibilidade remota de arranjar fofinha?
R: 19 / I: 2
> feiosa da minha ex vizinha adiciona no face e fala comigo
> dou bola porque estou meio desesperado e queria ver se dava so umas fodas
> pelos vistos ja se apaixonou por mim, nao para de mandar mensagem mesmo quando nao mostro muito interesse e mal eu respondo ve logo
> arrependido de ter dado bola que ela é mesmo feia pa caralho nao me vou relacionar com ela, nao sou nenhum adonis mas mesmo nao sendo grande merda tenho padroes
> tou agora a tentar dar respostas mais secas a ver se ela me larga mas nao sei se vai funcionar
> help
R: 45 / I: 10

Tinder

O que acham das gajas que têm tinder ? Já usaram ? Já encontraram alguém ? Share.
R: 3 / I: 0
danones, como é que alguem consegue suportar estar aqui a viver apenas para estar a ver os outros a serem felizes porque eles contam-te como estao as suas vidas enquanto que a minha esta uma merda, odio de pai e vice-versa, pais a divorciar-se, provavelmente ja tenho depressão e sei que posso sempre ir ao psicologo mas nao ha dinheiro, nem para a merda dos cigarros tenho.

ando todos os dias a distrair-me a ver filmes/series e a jogar agora comecei a ouvir os álbuns allen halloween para me distrair e é incrivel como bastantes musicas me tocam la fundo…

parece que cada dia que passa me doi mais a cabeça.
parece que tou a perder a sanidade e a felicidade

enfim conselhos?
R: 6 / I: 0
O que é que aconteceu ao post do gajo que tinha uma namorada meia psicopata? Aquele com um comentário longo com um perfil psicológico do sms dela, ou lá o que era?
R: 5 / I: 1

Preciso de faltar ao trabalho

Comon falsificar um documento de baixa médica de 3 dias? É possivel? Já alguma vez o fizeram?
R: 3 / I: 1
Ando a fazer +/- 500€ monthly a comprar e vender Funko Pops.


Quero pôr de alguma forma essa merda no meu curriculo sem parecer muito rabeta e que faça algum sentido para que o empregador saiba que sou um empreendedor do caralho


Help, como meto no cv isso?
R: 9 / I: 1
Manos,
Estou farto… Farto de ser um merdas de que ninguém quer saber se está vivo ou morto, farto de gostar de pessoas e querer saber delas para depois dar merda, farto de no meu futuro ver um gajo sozinho nem ninguém que o ame e se preocupe, farto de nunca confiar nas pessoas porque apenas conheço o lado negro das que conheci antes, simplesmente farto…
Devo logo cometer o suicídio?
R: 25 / I: 1
Anons, tenho uma grande dúvida. O meu irmão de 11 anos está com uns problemas na escola porque um xungoso mais velho (mas ainda menor de idade) anda a bater-lhe e etc. Está bastante afectado e cheio de medo, e sinto-me muito mal por ele. Eu tenho 22 anos. Se eu bater no bully posso sofrer que tipo de repercussões legais? Sem recorrer a violência, o que posso fazer para o ajudar?
R: 16 / I: 0
Boas

Como é que eu peço a minha crush em namoro?

Cumps
R: 5 / I: 0
/con/as,

Como é que arranjam amigos?
Tenho 23, acabei o curso em setembro passado, estou a trabalhar e profissionalmente estou bastante bem. No entanto, há 5 meses separei-me da minha namorada de há 3 anos e meio. Além disso, descobri que um dos meus melhores amigos é um cabrão que ainda se tentou fazer a ela quando estávamos juntos. Posto isto, como conseguem arranjar amigos? Só tenho dois assim mais próximos, o que tinha da faculdade voltaram para as cidades deles e vejo-me numa situação em que praticamente não tenho amigos, o que me faz sentir ainda pior em relação a tudo.
R: 4 / I: 0

Mestrados

Estou no 4º do MI em Engenharia Biomédica mas tem se mostrado ser a maior desilusão da minha vida.
A verdade é que só há umas 3 ou 4 empresas que se podem considerar na área de Biomédica, o resto de possíveis saídas só na área de investigação. O que n me apela pois não quero passar o resto da vida a desenvolver um projeto qq hipoteco para o qual nem tenho capacidades.
>Já para n falar que n quero ser pobre

Digo isto pqe em Biomédica nós aprendemos um pouco de tudo mas acabamos por n saber nada. Mesmo em empresas de Biomédica se se precisa de alguém para o hardware arranja-se um electrotécnico, para a parte software um informático etc. Para o ano acabo o curso e nem sei o que faça. Se continue na vertente académica e faça uma graduação ou se como mtos fazem, vá para uma consultoria.
Se começasse agora do 0 não tenho duvidas que tinha ido para informática que é uma área que até me interessa muito e se ganha bem. A minha vontade até é de fazer uma licenciatura ou mestrado mas mais 3 anos a estudar ainda custam.. E nem sei se conseguia entrar num mestrado de informática assim sem as bases.
R: 0 / I: 0
Está na altura de sair de casa, dicas? Trabalho em Lisboa e estava a pensar arranjar um T1 em Odivelas, acham que nessa zona dá para arranjar sem me custar um dedo todos os meses? Não me apetecia nada estar a dividir casa, quero uma coisa só para mim.
R: 3 / I: 1
As gajas só gostam de nós quando lhes fazemos avanços sexuais durante a conversa, em maior ou menor grau, desde algo inofensivo a mandarmos-lhes chupar-nos o pirilau. Porque é que tem de ser assim? Sinto que me estou a prostituir, algumas ainda nos chamam porcos, e ainda por cima não consigo fazê-lo quando estão outros 5 gajos a fazer o mesmo.
R: 6 / I: 2
Bati no fundo anões.
>nunca poder trabalhar naquilo que gosto
>sem namorada nem sequer forma de conhecer potenciais
>literalmente sem amigos
estou a pensar suicidar-me
R: 23 / I: 4
Perdi a mulher mais importante da minha vida à uma semana porque simplesmente ela não confia que eu vou ser fiel enquanto estiver fora 2 meses… E o pior é saber que a pouca confiança que tinha (nunca teve muita confiança nos homens que conheceu pq a desiludiam sempre) perdeu porque viu o meu histórico e viu que eu via porn, cam girls e até mesmo classificados… Feels bad man, pensei que ela era a tal mesmo… e o que me custa mais é saber que nunca lhe ia trair e que ela amava-me mesmo, pelo menos eu acredito que sim. Desde então não vejo porn ou outras coisas e vou continuar assim sinceramente. Obrigado por lerem.
R: 0 / I: 0
preciso de ajuda urgente a minha boca é maior que as minhas bolas 914373746
R: 37 / I: 8
>usar um site para encontrar amigos internacional
>conhecer um rapariga
>falamos bastante por skype, todos os dias quase
>as conversas nunca são chatas, sempre divertidas
>temos um dia uma conversa onde falamos se falamos com outras pessoas(nesse site) a conclusão é que sim mas que ela nunca tinha encontrado ninguem como eu(sei que irl não há ninguem)
>começamos a falar que nos queremos encontrar
>falar de como queremos adormecer nos braços um do outro, saber como cada um beija, como cada um cheira
>ela diz que me deixava ter a virgindade dela
>diz que gosta de mim porque e primeira vez que encontrou alguem que pode falar do que ela quiser

vamos agora hipoteticamente supor que eu tinha acesso às conversas que ela tem com outras pessoas e assim vendo que várias coisas que ele me disse tambem o disse a outros. eu sei que ela gosta de ter atenção de gajos mas nunca escolher um para ficar(so teve um namorado), disse-lhe isso e ela admitiu que "eu a leio como um livro".
Eu sei que isto pode parecer estúpido para vocês mas eu gosto dela e eu quero saber o que devia fazer antes de me a amar. Sinceramente eu detesto ela andar a falar com os outros mas como não estamos em qualquer tipo de relação eu respeito.
Eu sei que muito dos vossos conselhos precisam de contexto por isso se alguma coisa não foi clara perguntem e eu tento especificar.
Obrigado
R: 14 / I: 5
>ser feio que doí
>deixar de tirar fotos
>passados uns meses, até nem me acho mal ao espelho
>confiança sobe um pouco
>tirar fotos outra vez
>auto-estima completamente destruída

Ontem tive uns breves pensamentos de suicídio.
Não sei o que fazer e não consigo mudar a minha mentalidade.

Alguém assim?
R: 1 / I: 0
Conseguem-me ajudar numas dúvidas sobre o centro de emprego?
Então, eu tenho sempre procurado trabalho por mim próprio, mas respondendo a alguns anúncios, vejo que pedem o número de identificação do serviço de emprego (suponho que seja o mesmo que o centro de emprego?) e, quando sou contactado telefonicamente para uma primeira entrevista, das primeiras perguntas que fazem é se estou inscrito no centro de emprego, coisa que não estou, mas que me levou a pensar se não o devia fazer? Não sei bem como funciona, mas como tenho sempre conseguido arranjar trabalho, nunca considerei, porque me disseram que se me fosse oferecido um trabalho através do centro de emprego eu não poderias recusar, segundo porque não pretendo receber qualquer tipo de subsídio (talvez até tenha direito e não sei?), por último, porque quero entrar na universidade e não pretendo um trabalho a tempo inteiro. Como vêm estou um pouco confuso e logo de manhã irei deslocar-me ao centro de emprego da minha zona para tirar as minhas dúvidas, mas se me conseguissem ajudar nalgumas destas questões, agradecia. Cumprimentos
R: 60 / I: 3

Foda-se?

Sou só eu ou vocês também odeiam o facto de praticamente qualquer gaja conseguir atenção por parte de gajos com a maior facilidade do mundo?
R: 4 / I: 1
2015:
>vida porreira
>notas porreiras
>engatatão com alguma pinta
>sacava algumas moças
>bom grupo de amigos
>começo num relacionamento sério

2016:
>vida porreira mas com algumas merdas
>dedicado à relação séria
>notas mais ou menos
>relação apesar de tudo parece que vai ser para a vida
>começo a pensar se seria ou não melhor estar solteiro
>penso que ela nunca me irá deixar porque consegue ver o quão excelente rapaz sou

2017:
>grupo de amigos foi todo com o caralho, uns não me falam sem explicação, outros apenas arranjaram outros amigos e dão-lhes prioridade
>apanho namorada de quase 2 anos a falar com outros gajos no instadirect e a dizer que estava praticamente solteira
>chamo-lhe nomes horriveis e o caralho e acabo
>passam 2 semanas e apesar de tudo decidi ser beta e perdoar-lhe
>ela aproveita eu querer voltar para agora dizer que não estava a dar e acabar tudo de vez
>notas de merda
>não saber o que fazer
>ver o perfil dela todos os dias e analisar profundamente cada gajo que dá likes nas cenas dela
>ver ela e um ou outro gajo a trocar o Smile de Coração no facebook
>sentir triste por causa de uma coisa como essas
>coração partido
>já não ter pull game como antigamente
>tentar falar com umas gajas mas apenas uma ou outra dá realmente conversa, sendo que uma já quer mamar
>reparo que só quer mamar e depois mais nada, e também não é rapariga que eu pretenda ter algo mais
>tentar perceber o que fazer com a minha vida
>andar na faculdade e ir e vir todos os dias e não socializar com muita gente apesar de ter um grupito firme na faculdade..
>muita piça na faculdade
>engordar 30 kilos em 2 anos e agora nem estar fit para ir ao engate e usar umas camisas
>depressão
>querer desistir do curso
>não suicidar porque sou demasiado vagina para tal

O que fazer.. ?
R: 6 / I: 0
Boas povo do PTchan.

Tenho andado a falar com um rapaz numa rede social de paneleiros.

O gajo é bacano e eu estou interessado nele e queria convida-lo para ir beber um(a) café/cerveja, mas já sei que como beta que sou vou atrapalhar-me todo e ficar envergonhado.

Que temas posso puxar para que a conversa não morra, e como saberei se ele também está interessado em mim?
Tácticas de engate? Alguém tem sugestões?

Agradeço a vossa disponibilidade.
Cumps.
R: 3 / I: 0
Trabalho com uma fofinha há coisa de 1 ano, no trabalho isto é pessoalmente sempre tudo correu bem de ambas as partes até ela brincar e tal…
Na altura ela namorava, relação de 2 anos, mas íamos falando por mensagem e tal, apesar dela nunca falar muito devido a isso e as vezes tipo "ignorar" por 4 dias ou algo do género, e quando confrontada com isso as desculpas variaram um bocado, desde a namorar, a não estar muito no telemóvel a não ter que falar todos os dias comigo para ser meu amigo… já tivemos vários conflitos mas pessoalmente pronto acho que ignorávamos completamente o que se passava por mensagens, até chegamos a estar 2 semanas sem falar quando ela foi de férias, e claro por não ter gostado da atitude dela ter ficado sem falar no trabalho com ela mas durou coisa de 2 dias.

De momento acabou a relação mas continua a fazer o mesmo ou pior, a questão que não entendo é que se eu me preocupar com ela e perguntar como anda e tal ela tipo ignora, mas no instante em que eu me mostre chateado e diga adeus ela fala logo..

De momento já não falamos há 5 dias, e no trabalho por acaso não a tenho apanhado, isto porque me voltei a preocupar com ela e ela voltou a ignorar, e disse que estava a ser muito burro ainda me preocupar com ela e que enfim cansei, ao qual nem respondeu.

O que faço anons? Eu gosto da fofinha, só que está complicado perceber algo naquela cabeça, e não há como evitar visto que trabalhamos juntos…
R: 7 / I: 1
Já me tentei suicidar e estou a pensar em tentar outra vez. Trabalho numa área na qual tenho acesso a armamento diariamente e ontem estive preocupantemente próximo de o fazer. Acontece que não estou nada satisfeito com a minha situação na vida e todos os dias, a maior parte do tempo estou com uma sensação de angústia com a qual não consigo lidar. Tem fases, uns tempos estou num modo 'meh..' que subitamente muda para uma depressão fodida em que sinto um aperto no peito, vontade de chorar e de acabar com tudo. É ridículo, mas eu não sei realmente porque é que estou assim. Há anos que estou assim e pergunto-me por quanto mais tempo isto vai continuar, vivo todos os dias à espera que algo mude embora saiba que isso não vai acontecer. Não tenho amigos em quem confiar (e tenho muita dificuldade em confiar nas pessoas, circunstâncias da vida) sem ser os meus pais e o meu irmão mais velho, que eu sei que davam tudo por mim, e por isso sinto-me mal, mesmo muito mal, por sequer pensar em fazer-lhes isto. É a única coisa que me prende aqui, saber que eles sofreriam com a minha morte, e isso faz-me sentir uma autêntica merda, porque eu não quero morrer, nem fazer os outros sofrer, só quero deixar de estar assim. Ontem tentei contactar a minha mãe para lhe tentar explicar isto, mas nem tive coragem de lhe dizer o que me ia na cabeça, com a idade que ela já tem não sei se ia conseguir lidar bem com a situação. Isto nem é bem uma pergunta ou um fio a pedir conselhos, é mesmo um desabafo porque, sei lá, sinto-me melhor ao saber que alguém vai ler isto, apesar de absolutamente não quererem saber, é o único sítio onde me sinto integrado em alguma coisa.
R: 1 / I: 0
Caralho, maninhos
Tou farto disto. Sempre que vou dormir fico ansioso e deprimido como o caralho. Não sei porquê.
Já tentei literatura, mas só ajuda um bocado. Também tenho o telefone em silêncio e o computador desligado. Até uso uma luz de presença para me ajudar ( desde que descobri que dormir com luz alivia um pouco a ansiedade). Isto tem vindo a ocorrer há meses.
Ajudem-me, anons. O que fazer ? Já alguém passou por isto ? É comum ?