[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]

/con/ - Consultório

e Conselhos
Name
Email
Subject
Comment
File
Embed
Password(For file deletion.)

Allowed file types: jpg, jpeg, bmp, gif, png, webm
Max filesize: 10 MB.
Max dimensions: 10000 x 10000.


File: 1510687972721.jpg (141.5 KB, 750x500, decis.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1295[Reply]

Fiz merda /con/,

Disse a mim mesmo que não iria mais meter-me com gajas comprometidas porque da última vez deu merda e desta fiz ainda pior.
A namorada de um dos meus melhores amigos veio à minha casa buscar umas compotas que a minha mãe fez, ficamos na sala a conversar e a fumar uns cigarros, começamos a falar de sexo, etc e a ficarmos mais próximos, já estava a dizer a mim mesmo que não podia fazer aquilo mas quando dei por mim já estávamos a foder um com o outro… e para piorar as coisas não usei preservativo e vim-me dentro dela.

No fim ela saiu da minha casa a chorar e eu nos últimos dias tenho andado na merda porque pensava que nunca fosse capaz de fazer algo do género, hoje fui tomar café com o nosso grupo de amigos e estavam lá eles os dois, foi super constrangedor e ela não parava de olhar para o chão e eu não sei se ele se apercebeu que se passa alguma coisa porque eu também evitei falar com ele. Tenho falado com ela pelo facebook e ela diz que está na merda e a ter ataques de pânico constantemente. Eu também estou na merda, tenho andado deprimido e nem sei como é que vou reagir… e ao mesmo tempo não consigo parar de pensar nela e ela já deu a entender que quer foder comigo outra vez.

O que faço?
1 post omitted. Click reply to view.

 No.1297

Bom bait.
Põe-te no caralho.

Sage e hide.

 No.1298

>O que faço?

arranjar um emprego e deixar de gastar o dia a inventar historietas de personagem que não existem

cumps

 No.1301

Devias começar a escrever novelas para a tvi, sempre se ganha mais que no call center da MEO

> já estava a dizer a mim mesmo que não podia fazer aquilo mas quando dei por mim já estávamos a foder um com o outro…



Eu sei que neste caso e bait, mas e inacreditavel a quantidad3 de pessoas que diz isto.



File: 1510514955231.jpg (191.5 KB, 1914x797, Logan(Film)Still14.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1287[Reply]

Boas pessoal! É o seguinte, namoro com uma rapariga há 3 anos, de inicio era tudo muito bonito, mas chegamos a um ponto em que quase não estamos juntos, no máximo, estou com ela um ou dois dias por semana, com muita sorte. (Eu estudo e trabalho, ela estuda, é complicado)

Mas o problema não é bem esse, tenho vindo a reparar que ela já não se esforça muito, eu passei a ser uma segunda opção em muitas coisas, não vai sair comigo porque vai com os amigos, coisas desse género… (vou tentar resumir)

Tentei marcar uma viagem no verão, mas ela não pode, porque os pais, supostamente não deixam, mas ela ir para Espanha e para o Algarve com as amigas, já não tem problema. Antes estávamos sempre a falar por mensagem ou chamada, agora está sempre ocupada…

Eu tento tudo para que isto funcione, adianto imenso o estudo e os trabalhos, tento mudar os dias de folga, às vezes falto às aulas teóricas, sacrifico tempo com os meus amigos, isto tudo para poder estar um bocado com ela, e sinceramente, acho que ela não retribui.

Também nunca tivemos relações, ela diz que não está preparada, eu respeito e dou espaço, mas começo a achar que algo está errado. (Não é o principal motivo para isto estar a acontecer mas acho estranho) (se alguma rapariga puder dar uma opinião feminina era excelente)

Já falamos sobre isto tudo e ela diz que não há problema nenhum, que é da minha cabeça e não se esforça minimamente para mudar alguma coisa.
Agora vem a pior parte, há pouco tempo, 3 meses, conheci uma rapariga da minha faculdade, (não aconteceu nada, estou comprometido), somos amigos, mas ela é praticamente perfeita, é estranho, mas é, temos imensas coisas em comum, é super divertida, tem classe, tudo, não sei explicar…

E estou a ganhar sentimentos por esta amiga e sinto me mal, até porque amigos nossos, já repararam na tensão sexual que se forma e brincam com a situação. Mas sinto me muito mal com isto tudo, eu gosto mesmo da minha namorada, se não, não me sujeitava a isto tudo, mas sinto me confuso e não sei o que fazer.

Post too long. Click here to view the full text.
4 posts and 3 image replies omitted. Click reply to view.

 No.1292

>>1287
só te digo uma coisa: mais vale um passarinho não mão do que dois a voar.

 No.1293

>>1292

a_canção_do_deseperado.mp3

 No.1294

File: 1510572420711.jpg (14.48 KB, 350x295, 1510491251651.jpg) ImgOps Exif Google

Bom bait opê das duas uma ou fazes o mesmo que ela está a fazer para ver se ela se preocupa ou largas a rapariga de vez

Tu é que decides a tua vida



File: 1508098496742.jpg (21.82 KB, 300x298, Seal_-_Kiss_From_A_Rose_(s….jpg) ImgOps Exif Google

 No.1275[Reply]

Não sei, não sei o que escrever sobre mim, sobre nós. O que somos, o que podemos ser. Não sei.
São duas das palavras que mais me disseste… não sei.
Tudo o que sonhámos fazer, todas as metas que sonhámos alcançar, lado a lado, sempre. Pois afinal não havia sequer outra forma,
mesmo sendo realistas, nunca o conseguimos ser na nossa relação. Tentamos ver sempre o melhor de uma pessoa e mesmo quando
esse melhor teima em desvanecer ou acabar mesmo por desaparecer agarramo-nos à lembrança, ás memórias dos tempos passados,
do que nós, duas pessoas complicadas numa história complicada, conseguimos ultrapassar e vencer.

E para quê? De que nos valeu isso? De que me vale ter a certeza que és o amor da minha se tu não estás sabes que eu não sou o teu?
De que me vale agarrar-me a algo que por muito que ame sei que irei conseguir o que mais quero. Fazer-te feliz como o rapaz, que ainda hoje amas, te fez.

 No.1276

Boa cena danone, gostei. Podes desenvolver se quiseres.

 No.1277

merda/10

 No.1278

olá pedro chagas freitas



File: 1507326920140.jpg (29.07 KB, 640x480, sad-pepe-640x480.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1213[Reply]

>ser eu
>19, na uni
>6/10 max
>virginio em tudo até de beijo
>pressão da mãe para arranjar fofinha
>até saio de casa frequentemente
>average dude das engenharias que joga pc e é nerd pa caralho

Anões quero ajuda, dicas ou assim, para arranjar uma fofinha. Já tento nas festas. E ter amigas de longa data ou mais próximas não tá a ajudar.
45 posts and 10 image replies omitted. Click reply to view.

 No.1264

>>1263
O problema é que no meu curso não há gajas. Não tenho mesmo maneira de conhecer sem ter que as abordar estupidamente.

 No.1265

Como aconselham a arranjar gaja sem ser da turma de curso? Na minha turma só há abortos excepto uma que é ex recente de um amigo meu. Por isso não posso atacar neste ambiente.


Tirando a ida às aulas com esta turma, sair à noite e ginásio, não faço mais nada.

O problema é que já nem na noite sem atacar. Nunca sei o que ir lá dizer nem sei se elas estão interessadas em mim. Fora da noite ainda pior.

O que aconselham para este caso?

 No.1266

>>1265
>Tirando a ida às aulas com esta turma, sair à noite e ginásio, não faço mais nada.
Já fazes bastante

>Como aconselham a arranjar gaja sem ser da turma de curso?

O melhor mesmo é ter amigos/conhecidos nesses mesmos cursos e tentar conhecer as meninas de lá.



File: 1500372532166.jpg (74.5 KB, 683x1024, dd_stefaniaferrario10-683x….jpg) ImgOps Exif Google

 No.1058[Reply]

/con/.

Como arranjar namorada?
Dêm-me o guia passo a passo
12 posts and 1 image reply omitted. Click reply to view.

 No.1175

>>1072
Não sou o OP, mas o que faço na minha situação?

>ser eu

>interesses: cinema, música, filosofia ocidental, arquitectura tradicional

Onde raio há grupos de interesse para isto? E como garanto que não me calha uma gaja "artística" (sabes do que falo)?

 No.1176

>>1072

Isto

OP segue este conselho que é de ouro.

>>1175

Arranja o judeulivro (ou outra rede social) e adere a grupos do teu interesse. Se vires uma gaja porreira tenta meter conversa, não sejas logo autista de forma a ela dar block ou mandar à merda.
Em relação à "gaja artística" só com vários encontros é que vais saber ou por conversa online.

Boa sorte com isso, cumps.

 No.1178

>>1176
Obrigado pelo conselho danone, eu não costumo bloquear logo as gajas com o autismo, mas mantenho sempre as mais crazy à distância (aliás com "artes" eu quero dizer aquelas gajas feminazi ultra esquerdistas, etc.). Mas dou me bem com quase toda a gente.

>só quero uma fofinha de centro direita ainda não corrompida pela sociedade


Boa sorte para to tambem.



File: 1505819367277.png (60.35 KB, 365x326, 82953-Lego-No-.png) ImgOps Google

 No.1144[Reply]

álô manos

É o seguinte a minha fofinha vai a um concerto e pediu-me para ir com ela (vai com uns colegas de faculdade) mas eu recusei porque para ser honesto não gosto de concertos , gosto do grupo em questão mas sou autismo e acho super estranho ir a um concerto não sei como me comportar é horrível.

A questão é que o grupo é muito especial para ela e foi uma das razões para termos começado a falar o que originou a relação, acham que devia deixar de ser atrasado e ir com ela ou se não me sinto confortável não vou?

obrigado
9 posts omitted. Click reply to view.

 No.1168

>>1166
Tens razão, interpretei mal.

>>1167
> se esta ficar "ofendida" por tu não alinhares em coisas que não gostas, não é gaja que te sirva.
>não alinhares em coisas que não gostas
>coisas que não gostas

Foi o que disse, não disse, "arma-te em difícil e contraria-a sempre que possas", concordar com tudo é de banana, contrariar em tudo é de puto birrento.
Mas o que vejo mais por aí é tipos constantemente a dizer "sim querida" a tudo e a acabarem por fazer figuras ridículas e eventualmente com um par de cornos e um bilhete de ida.

 No.1169

>>1168
Eu já fiz coisas que não eram a minha primeira escolha. O contrário também já sucedeu.
São cedências de parte a parte.

Como tu dizes, não é preciso armar em difícil, mas por uma vez ou outra dizer que não em circunstâncias específicas até ajuda a que a gaja perceba que não é dona de ninguém. É uma coisa que também é muito necessária, senão acabamos todos na cave e a ir montar móveis na casa do Jamal e da Ana…

 No.1170

Malta daqui o OP , decidi ir com ela.
Sei que foi a escolha mais acertada, obrigado pelos conselhos malta!



File: 1506107270375.jpg (4.8 MB, 4032x3024, 15061072308681959302684.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1161[Reply]

>ser eu
>ir ao estádio ver o meu clube
>no meu setor vejo uma ex crush,incrivelmente linda
>lembrar que ela me deixou de responder do nada
>seguir no insta, ela não dá follow back
>ela mete uma selfie eu respondo com um emoji feliz e ela nada
>tento falar com ela e response torto e ignora

Acontece que sempre fui o dominador,nunca passei por isto mas eu todos os dias me lembro dela , sonho com ela e fico sempre a ver o insta a espera de actualizações

Pf ajudem, recentemente as fofas não me dao resposta, nem a porcaria de um match no tinder tive

 No.1162

Violação é a resposta séria. Serás sempre o dominador

 No.1163

Por acaso estou a passar pela mesma merda.

Antes conseguia bater coro pelos facebooks, instas e até no omegle onde sacava números de gajas facilmente e até encontros, e agora ando sem paleio nenhum.

Não faço ideia do que se está a passar. Se calhar é altura de me fazer à vida lá fora



File: 1505819280942.jpg (89.15 KB, 508x535, IMG_0028.JPG) ImgOps Exif Google

 No.1143[Reply]

Maninhos,

Passei por uma fase de depressão complicada onde precisava de alguém ao meu lado e comecei a namorar com a primeira pessoa que me apareceu à frente, tendo ligado só à aparência.

Neste momento, segundo os psicólogos, já tenho a depressão tratada e quando olho para a minha namorada, vejo uma gaja bonita mas não me identifico em nada com ela e recuso-me a imaginar o meu futuro com ela.

Preciso de acabar com ela mas estamos a viver juntos e até fizemos uma conta bancária em conjunto.

O que fazer? Foi uma má fase minha e não a quero para a minha vida.
6 posts omitted. Click reply to view.

 No.1155

>>1150
a maior parte da população "encosta-se" ao parceiro sexual, basicamente é um monte de merdas e de merdos

 No.1157

>Estar deprimido
Compreendo
>Querer arranjar uma gaja para ao menos ter uma companhia e algo para ocupar a cabeça
Compreendo
>Viver junto com ela e abrir contas em bancos
Não compreendo e é um passo apenas a ser dado quando a relação já tem uns aninhos, OP.

Há quanto tempo é que andas com ela? É que das duas uma ou és um completo idiota ou já andas nisso há uns 2 anos.

 No.1160

>>1157
Precisamente dois anos.



File: 1505671638009.jpg (287.5 KB, 1536x2048, 19897544_1444061748985659_….jpg) ImgOps Exif Google

 No.1136[Reply]

como é manos
a situação é a seguinte, "estou" com uma rapariga há cerca de 2 meses. nunca definimos que andávamos ou que namorávamos nem nada disso, simplesmente estamos juntos às vezes. No inicio confesso que até tive um pouco de medo, pq estava a achar que estava mesmo a gostar dela e saí há relativamente pouco tempo duma relação (6 anos) e não queria nem de perto apaixonar-me agora. contudo, não aconteceu e estou um bocado farto de tar com ela, ainda que ela seja 5 estrelas e só queira (mesmo) o meu bem. o meu maior stress no meio disto tudo, é que ao que parece eu tirei-lhe a virgindade… e está a chegar a um ponto que é notório que ela gosta mais de mim do que eu dela, e estar a bazar assim parece que só a quis comer e bazar, quando não é nem de perto a realidade… alguém já passou por algo parecido? só estou com problemas porque gostava mesmo que ela saísse desta situação o menos magoada possível

pica não relatada
4 posts omitted. Click reply to view.

 No.1141

>>1140
depois verdetexta isso

 No.1142

Continua a fode-la enquanto não arranjas outra. Depois de arranjares outra dizes a mesma merda de sempre "não vai dar, não és tu sou eu".

Por enquanto fode essa cabrona toda


>muh sinto-me mal, coitada

tudo putas mano

 No.1152

>>1140
quero saber o que se passou

>inb4 o OP nao teve colhoes e acabou por ficar manso e manter a relação



File: 1486055811671.jpg (36.49 KB, 450x336, a6d03f56c904fe89101505f1c2….jpg) ImgOps Exif Google

 No.547[Reply]

Boas!
Namoro com uma rapariga há 3 anos, no inicio era tudo muito bonito, uma simples saída, num sitio simples, dava conversa para horas e carinhos, chamadas, conversa por mensagens, etc.
Agora, estamos os dois a tirar o mestrado e trabalhamos em part-time.
Só estamos juntos uma ou duas vezes por semana, no máximo, por causa dos horários.
E parece que a paixão morreu, já não temos tantas coisas em comum, quase não temos assunto, ela está sempre a mandar vir com coisas insignificantes, às vezes nem beijos quer, parece que já não somos nós.
Eu sempre tive bastante facilidade em socializar com o sexo oposto, tenho um grupo porreiro de amigas e tenho algumas colegas de faculdade a atirarem-se a mim. O que acaba por dificultar a minha situação, a minha fofinha, está constantemente com ciumes e recusa-se a falar com as minhas amigas.
Para além disso, nunca tivemos relações, porque ela acha que não está preparada, coisa que eu tinha com ex-namoradas.
Nos últimos meses, ela tem estado muito distante, só temos conversas mais longas quando acontece alguma coisa e ela precisa de apoio e de desabafar.
Já falamos sobre isto tudo e ela acha que está tudo bem, mas vai tentar falar mais, coisa que nunca aconteceu.

Eu gosto dela, mas não consigo arranjar uma solução para isto, o que faço /con/?
14 posts and 3 image replies omitted. Click reply to view.

 No.572

>>571
>cuck

DIZ-SE CUCO SEU CUCO DO CARALHO!

 No.1133

>>547
o teu primeiro erro foi pensar que o "amor" dura para sempre.

 No.1134

Isto é isco. 3 anos e nunca tiveram relações. É isco. Porque se for verdade, pede ao menos para conhecer o preto que a andar a partir. Associa uma cara ao gajo que te enfiou esses cornos no focinho.



Delete Post [ ]
[1] [2] [3] [4] [5]
| Catalog
[ * ] [ c / des / n / t / u ] [ int / luso ] [ b / con / pol / xxx ] [ meta ] [ info / regras / notícias / https / git ]